Leal Junior : E Tenho Dito!

A exposição do homem público!

Publicado em: 23 de Março de 2019
Fonte: Portal LJ

Meus Amigos e Minhas Amigas,

 

Vejo cada vez mais com preocupação a questão da ocupação de cargos públicos sejam eletivos ou não.

 

Estou referindo ao fato da exposição a que estão submetidos aqueles que aceitam o desafio, e consequentemente sujeitos a situações que muitas das vezes extrapolam os limites que devem nortear as relações entre as pessoas.

 

Falo de decência, respeito, da necessidade dos cuidados antes de acusar, das notícias falsas, julgamentos sem critérios, e por aí vai.

 

Não estou condenando as críticas, e muitos menos o direito de expressão de todos que é inerente da democracia, mas, defendo punições para os que usam principalmente as redes sociais para denegrir qualquer pessoa, independentemente do que ela seja.

 

A verdade tem que ser absoluta!!!

 

Tenho visto, e a imprensa divulga todos os dias casos dessa natureza, publicações plantadas por quem tem interesses escusos, por quem não tem ética, cujo objetivo maior é colocar na lata de lixo a reputação de homens e mulheres que em muitos episódios não tem nenhuma culpa.

 

Esses dias ouvindo um renomado jurista que fazia críticas a decisões judiciais recentes, ele afirmava que "estão criminalizando a vida".

 

Tudo agora é motivo de denúncia! É preciso separar a verdade da mentira!

 

A justiça tem que cumprir o seu papel, bem como as entidades representativas, órgãos fiscalizadores e etc..., todavia, não podem usar a caneta como uma arma que em muitas ocasiões objetivam holofotes apenas.

 

Hoje ocupar um cargo público, sujeito a normas, regras e exigências muitas delas inúteis, é também se colocar na linha de tiro de pessoas desqualificadas que ocupam cargos em associações, conselhos e sindicatos, por exemplo, que usam esses cargos para tirarem proveito próprio, no entanto, posam de mocinhos quando na verdade não são nada disso.

 

Outro dia, estava eu em um desses órgãos de fiscalização e acompanhei uma pessoa entregar documentação para se habilitar a um determinado procedimento.

 

Era documento que não acabava mais, papel a perder de vista, mesmo assim foi exigido mais, obrigando o senhor a se virar para nós e dizer:

 

"Vocês estão vendo isso? Olhem o tanto de exigência! Até parece que vivemos em um país sério!".

 

Conheço muita gente de bem que ocupou cargos, não roubou um centavo, entretanto, estão com problemas sérios, simplesmente por entrega de documentos fora da data, descumprimento de regras inúteis e muitas outras coisas.

 

Elas tiveram suas vidas expostas sujeitas a comentários de todo tipo, algumas com famílias destruídas.

 

Vejo que tal realidade afasta cada vez mais os sérios da política por exemplo, isso sem citar que grande parte do eleitorado que exige, exige, critica e denuncia, na hora de votar não procura contribuir escolhendo os melhores, pelo contrário, às vezes vota por um tapinha nas costas ou uma dose de pinga.

 

Essa é a minha Opinião!!! 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.