Leal Junior : E Tenho Dito!

As águas rolaram e não voltam mais!!!

Publicado em: 02 de Março de 2019
Fonte: Portal LJ

Meus Amigos e Minhas Amigas,

 

Lembro-me do final da década de 70 e anos 80, quando nós miracemenses que estudávamos fora vínhamos para as nossas férias, e para o carnaval na então Miracema do Norte.

 

 

Nosso período momesco era considerado o melhor do então norte goiano.

 

 

A cidade se preparava para receber seus filhos que traziam amigos de vários lugares do Brasil para conhecerem as belezas do Rio Tocantins, a água maravilhosa do Correntinho, o Chapéu de Palha do Valter, Apolo XI, Rancho Alegre do Vovô e o tradicional Iracema Clube.

 

 

Quem não lembra quando no sábado, como se fosse hoje, ficávamos na expectativa de nos dirigirmos para a rodoviária do 'seu" Beltrão para recepcionarmos as caravanas que chegavam de ônibus, especialmente, de Goiânia e Brasília.

 

 

Logo em seguida esses ônibus percorriam as ruas de Miracema e as pessoas nas portas acenavam desejando boas vindas, ao som de muitos foguetes.

 

 

À noite, o Iracema Clube lotado era um ambiente de confraternização e alegria ao som das marchinhas que tanto sucesso faziam.

 

 

A Sujeira, Gaviões, Impossíveis, Pezinho, eram blocos que nos enchem de saudades, bem como o carnaval de rua onde os foliões entravam nas residências logo nas primeiras horas da manhã para um famoso quebra-jejum, que ia desde um café com leito acompanhado de bolo, ou até mesmo um licor caseiro tão comum naqueles tempos.

 

 

As águas rolaram e não voltam mais!!!

 

 

Hoje tudo mudou, os carnavais de clubes acabaram, em Miracema, por exemplo, a folia de Momo já não é mais a mesma, e sobrevive em função de alguns abnegados que mantém o espírito alegre, provando que animação e amor ao carnaval não dependem do passar dos anos, e muito menos da cor dos cabelos.

 

 

Poderia nesse final de editorial lembrar de muitos foliões que marcaram minha juventude, mas, gostaria de em nome de alguns, homenagear a todos que contribuíram com um tempo que nos enche de saudades.

 

 

Valdelice, Olga Cavalcante, Luso e Adilson, Mário Pezinho, Bertrandes Valadares, Tereza Bertele, ValdeliceMacedo, Epitácio Luz, Antônio Carlos Bastos, Família Campelo na figura do sempre atuante Rosival, Antônio Luis Coêlho, Cacau com suas fantasias extravagantes, Osmar Barbosa, Rosa e Maria Amélia Pires, Raimundo Boi, Nelson Vasconcelos, Dianarú Barros e tantos outros, sem deixar de citar os eternos presidentes do Iracema Clube Chico Perna, Arias Gomes, Urano Nolasco e Trajano Coêlho Neto.

 

 

As águas rolaram e não voltam mais, mas, deixaram com a gente uma grande saudade que não acaba mais.

 

 

Essa é a minha opinião!!!

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.