Leal Junior : E Tenho Dito!

Eleição: O desencanto falou mais alto!

Publicado em: 24 de Junho de 2018
Fonte: Portal LJ

 

 

Meus Amigos e Minhas Amigas,

 

Quando criança, após meu avô ter sido prefeito de Miracema por dois mandatos e depois vereador por três, ainda pude acompanhar com um certo encantamento o movimento que as eleições causavam em nossa casa.

 

As pessoas vinham do sertão (era assim que a gente chamava a zona rural), desejosas para votar. Vinha a família toda!

 

Vestiam a melhor roupa para escolherem seus governantes e depois almoçar em um barracão montado exclusivamente para isso onde a comida era farta.

 

Uma verdadeira festa! Todos tinham orgulho em participar!

 

Muito diferente do que estamos vendo hoje cujos motivos não vou entrar no mérito.

 

Antes das oito horas estava na fila de votação quando ouvi duas senhoras conversando e dizendo que vários vizinhos não viriam votar, preferiam pagar a multa.

 

"Não querem votar em ninguém", disse uma delas.

 

Ali, percebi que a eleição suplementar em seu segundo turno no Tocantins mais uma vez teria alta abstenção. E não deu outra!

 

34,86% dos tocantinenses se abstiveram, 2,59% votaram em branco e 23.46% anularam o voto, ou seja 60,91% do eleitorado não votou em ninguém.

 

Vi alguém postando nas redes sociais que esses não quiseram votar em Carlesse o que é um grande erro, eles não quiseram votar nele e nem em Vicentinho. Essa é a verdade!

 

Outra coisa, não acredito que em outubro devido ao fato do envolvimento de um maior número de interessados em função da eleição para o legislativo e etc... o quadro se modifique.

 

Acho até que vai ser pior, ninguém quer se envolver, o encanto foi quebrado, o cristal despedaçado.

 

Vejo que o jogo está sendo jogado apenas por quem realmente faz parte das equipes, cada um defendendo seus interesses próprios a ponto de não esperarem sequer a digestão do resultado,pois, já anunciam que em outubro o prato do dia será o ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha, quer dizer, o cardápio muda conforme a fome.

 

Alguém me perguntava o que é necessário para o encanto voltar e confesso que não sei; talvez se o personagem do conto árabe Aladim, aquele da lâmpada maravilhosa, retornasse e pedisse ao gênio algum milagre nesse sentido a coisa pudesse modificar.

 

Alimentar a esperança de que a rejeição ocorrida agora, como já tinha acontecido no primeiro turno e vai ocorrer em 07 de outubro fará com que o quadro se modifique com o aparecimento de alguém ungido, puro e sem pecados é mesmo que acreditar no nosso gênio da lâmpada, até porque o pau que dá em Chico dá em Francisco.

 

Concluindo, entendo que não está fácil tirar o povo de casa para votar tamanho o desencanto, a não ser que eles façam o que mais sabem, votem e aprovem um aumento absurdo para o valor da multa dos faltosos como aprovam o aumento dos combustíveis, da energia, dos pedágios, dos alimentos, dos impostos, enfim, criem uma maneira para que o voto seja mais obrigatório ainda.

 

 

Essa é a minha Opinião!

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.