Leal Junior : E Tenho Dito!

Executivo miracemense toma decisões importantes!

Publicado em: 16 de Fevereiro de 2018
Fonte: Portal LJ

Meus Amigos e Minhas Amigas,

 

O prefeito Moisés realizou duas ações esta semana que me agradaram bastante.

 

A primeira foi buscar a vinda para o município das Carretas Saúde Mulher e Odontosesc, e a segunda foi acertar para que um curso de formação da PM seja sediado em Miracema.

 

Entendo e sempre defendi que movimentos dessa natureza contribuem muito com a cidade.

 

Vejam bem...

 

As várias ações desenvolvidas no âmbito da saúde pelas carretas, beneficiarão centenas de mulheres do município que terão oportunidade de fazer exames diversos, além, do atendimnento odontológico que é fundamental para a saúde bucal.

 

Elas ficarão aqui por 90 dias dos quais 60 na zona urbana e 30 na rural.

 

Esse é um tipo de benefício!

 

O outro é que o benefício se estenderá às comunidades de Tocantínia, Lajeado, Miranorte e Rio dos Bois que enviarão pessoas para serem atendidas em Miracema, daí, a consequência é que o comércio local será aquecido, afinal, muita gente virá para cá.

 

Por isso foi importante a visão do chefe do executivo em lutar por essa parceria com o SESC  e definir Miracema como sede, uma grande tacada que certamente beneficiará os comerciantes, pois, onde há gente a possibilidade de circular dinheiro é maior.

 

Do mesmo modo...

 

Observo o curso de formação da PM a ser realizado na primeira capital, e, digo mais, a possibilidade de instalação de uma unidade escola da Polícia Militar na cidade como consequência desse apoio logístico dado pela prefeitura local é um dado que nos anima.

 

Portanto...

 

Percebo que agindo assim Moisés da Sercon trabalha com inteligência buscando efetivar o entendimento que tais iniciativas são essenciais para que melhores dias possam chegar.

 

Essa é a minha Opinião!!!

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.