Leal Junior : E Tenho Dito!

O caso do prefeito Silvino!

Publicado em: 06 de Fevereiro de 2018
Fonte: Portal LJ

Meus Amigos e Minhas Amigas,

O triste episódio ocorrido em Tocantínia quando por pouco não perderam a vida o prefeito Manoel Silvino e seu motorista João Barros, faz com que reflitamos e procuremos extrair o máximo de aprendizado possível, principalmente, aqueles que ocupam cargos eletivos, especialmente executivos.

Como é do conhecimento geral, o prefeito e seu auxiliar foram baleados no domingo, 04 de fevereiro por bandidos, que até a conclusão das oitivas dos marginais capturados de forma brilhante por nossas polícias os motivos estão por esclarecer, sendo que ao que parece foi uma tentativa de roubo.

Manoel Silvino e João Barros estão vivos graças a um milagre de DEUS, para a alegria de seus familiares e  amigos que ficaram preocupados durante todo aquele fatídico dia que deveria ser para ele de comemorações, afinal, completava mais um ano de existência.

No final, devemos comemorar o seu livramento permitido pelo nosso criador.

Pois bem Amigos e Amigas,

É fato, e tenho dito isso bastante não só aqui no PORTAL LJ, mas, também no Programa Leal Júnior que a criminalidade chegou de vez nas pequenas cidades brasileiras.

O que antes observávamos apenas na TV está em nossas portas, e pode nos atingir.

Sempre defendi que apenas por ser político alguém não pode deixar de observar certos cuidados, mesmo que o povo não entenda e ache que não deva.

Quando exerci cargo público era cobrado constantemente porque o portão da minha casa era fechado.

O povo acha que casa de político tem que ficar com as portas escancaradas 24 horas, não entende que existe uma campainha onde alguém toca e alguém atende. Simples não é?

Se as coisas...

Estão acontecendo com as portas fechadas, imaginem com elas abertas.

A qualidade de um homem público não se mede pela maneira que as portas de suas residências estão,mas, pelos seus atos, capacidade e etc...

Daí...

Advogo que, falando de prefeitos que é o caso em tela, tenham segurança nas prefeituras, em suas casas e por onde andem, segurança paga pelo erário público sim, afinal prestam um serviço de muita responsabilidade para a população e são visados demais.

 Correm perigo sim senhor!

Os bandiidos podem imaginar uma cidade pequena, sem muita segurança, a maior autoridade deve ter muito dinheiro, quem sabe até guardado em um cofre em casa.

Daí para um assalto é um pulo.

Sei que algumas pessoas poderão dizer "mas um prefeito com segurança particular?" 

Claro que sim!

Se tívessemos tido uma tragédia com morte no último domingo, o pior seria para quem infelizmente tivesse falecido,pois, esses que são contra, que querem que político dê carona para quem não conhece, que tenha as portas de suas casas abertas colocando em risco a sua vida e da sua família,que atenda de dia e de noite e por aí vai, esses estariam vivinhos da silva.

Encerro,

Esperando que o sinal tenha sido um alerta, que o livramento divino faça com que não apenas meu querido amigo Manoel Silvino,mas, Moisés da Sercon, Carlinhos da Nacional, e tantos outros, tomem urgentemente a providência de se resguardarem, afinal, vida só temos uma independentemente do que os outros possam achar e falar.

Essa é a minha Opiniaõ!

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Rodolfo Leal

07 de Fevereiro de 2018 ás 10:33
Falou pouco mais falou bem...

Miguel Ângelo Costa Lacerda

07 de Fevereiro de 2018 ás 14:02
Leal Jr, convém reafirmar q os temas Democracia e Direitos Humanos tiveram papel preponderante no processo de luta deflagrado pela sociedade contra alguns governos em especial o militar. Esses temas, ao alcançarem as características de valor universal, tiveram como grande feito conciliar pensamentos e credos adversos, chegando a contribuir para que a sociedade brasileira se fortalecesse politicamente, como nunca visto antes. O poder de resistência e luta contra qualquer q seja relevante sua função social, desvelado por vários setores da sociedade dentre os quais: Ordem dos Advogados do Brasil-OAB, Associação Brasileira de Imprensa-ABI, a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB, as Comissões de Justiça e Paz, dentre outros, contribuíram para q os movimentos populares também estivessem presentes no espaço público, em processo de luta, durante a elaboração da nova Carta Magna. Quer queiram ou não, esta sua assertiva invoca o despertar aos Gestores, em especial "os municipais", até pq os fatos estão acontecendo e, corriqueiramente percebemos aproximar-se de nós e, consequentemente, aos pequenos municípios q nos avizinham... na verdade é preciso que a sociedade entenda o q é ser Gestor Público e seus direitos institucionais que a Eles são assegurados... assim concordo plenamente com sia "OPINIÃO", parabéns!!!

Gabriel Santos

08 de Fevereiro de 2018 ás 09:35
Só li verdades !

Osvaldo Martins

08 de Fevereiro de 2018 ás 21:57
Acredito na necessidade de se estar seguro por corresponder/responder por um cargo público. ..mas discordo que o erário público seja utilizado pra isso , ou seja, o "político/representante público" deverá utilizar do seu salário para se proteger. ..partindo pelo princípio de que todo qq "funcionário público" independente do cargo que ocupa arca com suas despesas. ..e não será/é diferente meu modo de pensar o caso ou a posição de prefeito (funcionário público)

Osvaldo Martins

09 de Fevereiro de 2018 ás 06:18
Apenas discordo do uso do erário público ...independente da função, todos, qq um "funcionário público" deve arcar com suas despesas. ..e o prefeito logicamente deverá conhecer suas responsabilidades para tanto .. É minha opinião Eu