Leal Junior : E Tenho Dito!

O meu adeus ao Dr. Adão Klepa!

Publicado em: 22 de Fevereiro de 2018
Fonte: Portal LJ

Meus Amigos e Minhas Amigas,

Não tinha momento pior do que amanhecer o dia e receber a informação do falecimento do meu amigo Dr. Adão Klepa.

 

Fiquei paralisado, sem acreditar, tinha falado com ele recentemente quando me ligou perguntando se já podia enviar sua próxima coluna.

 

Dr. Adão escrevia em nosso PORTAL " Não fique em cima do muro!".

 

Não dá para esquecer o dia que o convidei, e sua alegria pelo chamado.

 

"Será uma honra Leal", respondeu.

 

Me ligou depois para anunciar o nome da coluna perguntando se estava bom, respondi que sim, estava excelente. Seu entusiasmo era contagiante, disse que até que enfim teria um "canal" onde poderia externar suas opiniões, seus "desabafos".

 

Adão Klepa era assim...

 

Emotivo, acolhedor, simples, caridoso, sensível, romântico, educado, gentil, brincalhão, prestativo, enfim, era amôr traduzido em um nome especial na história da humanidade composto de quatro letrinhas número igual as quatro de amôr.

 

Não era coincidência! Ele era o mais sublime dos sentimentos, aquele que DEUS deixou no primeiro e maior de seus mandamentos.

 

Alegria era uma de suas marcas, portanto, Dr Adão não tem como esquecer o senhor, não tem como esquecer sua figura sempre me recebendo com um elogio e um sorriso marcante fazendo projeções bondosas sobre minha pessoa.

 

Meu parceiro, meu colunista, meu amigo, cá estou eu escrevendo emocionado, com lágrimas nos olhos chorando sua partida.

 

Quem trabalha comigo sabe que, na última vez que fostes ao meu programa de rádio para falar sobre sua campanha de Natal quando arrecadou cestas e as distribuiu aos carentes, notei diferenças.

 

Estavas calado, triste e de cabeça baixa, entretanto, emotivo, pois chorou ao falar da vontade em ajudar os menos favorecidos, não à tôa que era considerado o "Advogado dos pobres".

 

Ao sair chamei atenção dos meus companheiros de trabalho para esse detalhe que não entendi naquele dia, mas, hoje acho que o senhor se despedia daquele estúdio, daquele programa que era seu também.

 

Dr, pude saborear churrascos em seus aniversários, pude ouvir sua voz cantando clássicos sertanejos como "Amagurado", por exemplo, mas, aquela feijoada que combinamos não deu tempo, quem sabe um dia a gente se encontre e a façamos juntos.

 

"Meu querido, meu velho, meu amigo" vá com DEUS.

 

Saudades Eternas!!!

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.