Leal Junior : E Tenho Dito!

Um problema que merece atenção especial!

Publicado em: 18 de Janeiro de 2018
Fonte: Portal LJ

Meus Amigos e Minhas Amigas,

 

Um problema social grave ocorre em Miracema, situação que precisa de um olhar todo especial por parte das autoridades de todos os poderes, cada um, é claro, dentro de suas competências.

 

É razoável o número de pessoas com problemas mentais que circulam em nossas artérias, bem como é vísivel que o alcoolismo avança a passos largos no município.

 

Abordo o tema objetivando chamar a atenção para essa realidade cruel que não atinge apenas aos que sofrem do problema,mas,que afeta parentes, amigos, enfim, toda sociedade.

 

O que fazer?

 

Sei perfeitamente que alguém pode argumentar que praticamente todas as cidades brasileiras padecem do problema, mas, e daí?

 

Só por isso eu não devo me preocupar, e nem fazer nada para mudar o quadro em minha cidade?

 

Pois bem...

 

Penso que uma política mais arrojada, forte, objetiva deva ser implantada visando a recuperação desses doentes.

 

Quero incluir nesse meio as drogas que estão dizimando as famílias brasileiras.

 

Não importa o dia nem a hora.

 

Todos nós já observamos situações que formam esse tripé em Miracema.

 

Aparentemente inofensivos, entretanto, sob o efeito de qualquer droga fica difícil antevermos qualquer atitude de quem tem algum desses problemas.

 

Outro dia mesmo, uma pessoa da minha amizade estava em uma cidade tocantinenseapós um dia de trabalho sentado comendo um espetinho quando de repente foi esfaqueado bárbaramente por um doente mental que circulava até então livremente nas ruas.

 

Internado em Palmas, onde reside, ficou entre a vida e a morte por vários dias, mas, graças a um milagre de DEUS não faleceu.

 

Será se nós estamos livres de uma situação como essa?

 

Na minha opinião não, principalmente depois de cenas que tenho observado, uma delas ocorrida em uma lanchonete recentemente quando um rapaz visivelmente drogado coagiu o proprietário, e não deixou o estabelecimento enquanto sua vontade não foi atendida.

 

Em grupo, sob efeito de uma substância qualquer, estão adentrando comércios exigindo dinheiro. Quem nos garante que não estão armados e podem cometer um homicídio a qualquer momento?

 

Não quero apontar culpados, todavia, é preciso acelerarmos alguma política pública para minimizar o problema que não pode passar indiferente aos nossos olhos.

 

Essa é a minha Opinião!

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.