Faet lança programa que tem objetivo de auxiliar produtor rural a captar recursos e enfrentar a burocracia

Publicado em: 17 de Setembro de 2019
Foto Por: divulgação
Autor: Norte agropecuário
Fonte: Norte agropecuário

“Estaremos atendendo o produtor na parte burocrática, facilitando e agilizando seu dia a dia", comentou o presidente da Faet, Paulo Carneiro. A presidente licenciada da entidade, senadora Kátia Abreu, destacou a importância do programa para o pequeno produtor.

 

Na tarde desta segunda- feira, 16, a Federação da Agricultura e Pecuária do estado do Tocantins (FAET) lançou em Palmas, o programa "FAET em Ação", que visa proporcionar auxílio aos produtores rurais em diversas áreas. Alguns dos serviços que serão ofertados no programa contam com a parceria da Receita Federal e o Banco da Amazônia.

 

Com uma sala exclusiva na sede da instituição, alguns dos serviços que serão oferecidos aos produtores são: Declaração de Imposto de renda; Declaração de Imposto territorial; Emissão de Cadastro Ambiental; Elaboração de projeto para captação de recursos financeiros, emissão de guias, entre outros.

 

Segundo o Presidente Paulo Carneiro, esse programa vem ao encontro das necessidades reais dos produtores. "Firmamos aqui duas parcerias fortes com o Banco da Amazônia e Receita Federal. Estaremos atendendo o produtor na parte burocrática, tirando suas dúvidas, facilitando e agilizando seu dia a dia", comentou.

 

Presente no evento, a senadora Kátia Abreu, comemorou mais essa ação da FAET "Tenho certeza do sucesso desse programa que irá atender principalmente o pequeno produtor em questões trabalhistas e de sua propriedade", finalizou.

 

O termo de cooperação técnica foi assinado pelo Delegado adjunto da Receita Federal Ricardo Wagner Magalhães e pelo Superintendente do Banco da Amazônia Marivaldo Melo. A cerimônia de lançamento contou a presença de autoridades da cidade e estado, produtores rurais e presidentes de Sindicatos Rurais. (Da Assessoria de Comunicação da Faet)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.