Homem joga cadeira em ladrão para proteger família durante assalto e é morto, em Caiapônia; vídeo

Família estava jantando em casa quando foi abordada por dupla armada que fez todos reféns. Sogro do homem que foi morto no assalto ficou ferido; bandidos estão foragidos.

Publicado em: 17 de Maio de 2019
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 Goiás.
Fonte: G1
Ladrão aponta arma para família em assalto a casa em Caiapônia Goiás

Imagens obtidas pela TV Anhanguera mostram quando uma família, com mulheres e crianças, é vítima de assalto durante jantar em casa e um homem reage jogando uma cadeira no assaltante (assista acima). A Polícia Civil informou que o caso aconteceu em Caiapônia, no sudoeste goiano, na noite de quinta-feira (16). O homem que atacou o assaltante para defender os parentes morreu e o sogro dele ficou ferido. Os criminosos fugiram e estão sendo procurados.

 

A gravação mostra quando a família está toda na sala e começa a ser ameaçada por duas pessoas armadas, que invadiram a casa. É possível ver ao menos quatro adultos, uma criança e um bebê no colo de uma mulher.

 

Com movimentos aparentemente agressivos, os bandidos colocam as vítimas todas sentadas em uma fileira. Um deles chama uma senhora para acompanha-lo e eles vão para um corredor, saindo de alcance da câmera.

 

O mesmo homem que levou a senhora para o corredor volta e começa a apontar a arma para a mulher que carrega um bebê no colo e a criança, sentada em uma cadeira coberta por um casaco. Dois dos homens se levantam e irritado, o bandido segura a arma com as duas mãos.

 

Com medo, a mulher que segura o bebê puxa a criança para trás e, nesse instante, um dos homens, de camiseta azul, pega uma das cadeiras da mesa de jantar e vai com tudo para cima do bandido, até que eles caem fora do alcance das câmeras.

 

A corporação está atrás dos assaltantes que cometeram o crime. Até as 10h08 desta sexta-feira (17) ninguém havia sido preso.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.