Já não se faz 7 de Setembro como antigamente!

Publicado em: 07 de Setembro de 2017

 

Meus Amigos e Minhas Amigas,

O Dia 7 de setembro de 1822 foi muito importante na História do Brasil, pois foi nesta data que o príncipe regente Dom Pedro proclamou a nossa Independência.

Desta forma, ficou oficializado o rompimento do vínculo de dependência que o Brasil tinha com relação a Portugal. 

Dando uma olhada no Facebook neste dia 7,quinta feira, deparei com uma postagem de um amigo de São Luís que relembrava com saudade e nostalgia os desfiles de antigamente.

Dizia que o traje de gala era colocado de forma impecável no seu quarto para que as cinco da manhã ao levantar pudesse vesti-lo com alegria e satisfação.

O 7 de setembro era aguardado com muita expectativa desde os primeiros dias de agosto quando começavam os ensaios para o grande desfile estudantil.

O barulho da fanfarra, os professores organizando os alunos e acompanhando com rigor os nossos passos que deveriam estar em conformidade com todos os outros, enfim,o peito se enchia de orgulho.

7 de setembro, o grande dia! A vestimenta impecável!

E lá estávamos nós após acordarmos de madrugada, tomarmos um bom café preparado com carinho e orgulho, afinal, nossos pais também entravam no clima e ficavam nas portas esperando nossa passagem.

Percorríamos as principais ruas da cidade com a tradicional parada em frente ao palanque das autoridades para os discursos.

A gente não cansava, não sentia calor e nem reclamava do sol. Era prazer puro!

Hoje, o que nos resta é a saudade, não ouvimos mais os barulhos do tarol, do surdo, do prato ou do piston, não temos mais os carros alegóricos, o povo em nossas ruas, a alegria da nossa gente.

Mesmo assim caminhando solitário pelo centro histórico de Miracema nesse 7 de setembro, em meio a tantas lembranças e saudades cantei baixinho apenas para mim.

"Já podeis, da Pátria filhos, Ver contente a mãe gentil; Já raiou a liberdade No horizonte do Brasil. Brava gente brasileira!"

Essa é a minha Opinião!!!

 

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.