Vacina contra febre aftosa terá dose reduzida na próxima campanha

Publicado em: 09 de Fevereiro de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: Dinalva Martins-Governo do Tocantins
Fonte: Ascom

Para a próxima campanha de vacinação contra a febre aftosa de bovinos e bubalinos, que será realizada em maio, a vacina terá sua dose reduzida de 5 ml para 2 ml, de acordo com as normas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

 

Diante disso, a partir do dia 30 de março será proibido o uso da vacina de 5 ml. A medida está prevista no Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), que garante a retirada total da vacinação no Tocantins e no restante do país até 2021.

 

Para o presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), o ajuste na vacina faz parte do processo de transição e trará a redução de custos e a diminuição da ocorrência de reação nos animais (caroços e inchaços).

 

"É um grande avanço de muitos que estão por vir até que todo o processo da remoção da vacinação seja finalizado. A previsão é de que a última campanha de vacinação seja realizada em maio de 2021", destaca.

 

O inspetor agropecuário da Agência de Defesa Agropecuária, João Eduardo Pinto Pires, explica que para a campanha de maio o novo produto estará disponível nas lojas agropecuárias para atender toda a demanda.

 

"A vacina existente deverá ser substituída por outra nova dose de 2 ml, que será aplicada por animal  e terá a mesma eficiência, todos os envolvidos deverão ficar atentos para evitar falhas na cobertura vacinal" , disse.

 

Campanhas

 

O Tocantins realiza duas etapas de vacinação contra a febre aftosa nos meses de maio e novembro, além da agulha oficial na Ilha do Bananal, que ocorre de 1º de agosto a 30 de setembro.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.