Análise: com protagonismo de Pedrinho, estratégia de Carille dá certo; Corinthians ganha opções

Carille mantém base titular, vence o Fortaleza por 3 a 1 e vê coisas novas acontecerem

Publicado em: 29 de Julho de 2019
Foto Por: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Autor: Marcelo Braga — São Paulo
Fonte: GE
Pedrinho teve protagonismo na partida

A segunda vitória do Corinthiansfora de casa neste Brasileirão, por 3 a 1 diante do Fortaleza, no Castelão, levou a equipe para 19 pontos e deu novo ânimo para o Timão na competição. Na oitava posição, a equipe tem ainda um jogo a menos na tabela, contra o Goiás, marcado para o dia 7 de agosto.

+ Veja a tabela do Brasileirão

O resultado passou pela decisão acertada da comissão técnica.

 

Mesmo com risco de desgastar atletas e muitos pendurados, o treinador deu descanso apenas a Sornoza, Vagner Love, além de Fagner e Clayson, que entraram no decorrer do segundo tempo.

 

Sete titulares foram mantidos, mesmo com o risco de um cartão amarelo e uma suspensão no Dérbi do próximo domingo – o que não ocorreu. Um time entrosado, ao menos defensivamente.

 

Corinthians chega a 19 pontos de 33 disputados. Em casa, fez 11 de 15. Fora, são oito de 18. Vitória de hoje, contra o Fortaleza, foi a segunda longe da Arena Corinthians (Timão já tinha vencido o Athletico-PR) #gecorinthians

 

 

Mesmo assim, o Fortaleza abriu o placar numa falha defensiva do Timão na etapa inicial. Danilo Avelar permitiu o cruzamento e, no lado oposto, Michel e Manoel não conseguiram impedir a cabeçada de Osvaldo. A bola acertou a perna do zagueiro do Corinthians, que marcou contra.

 

Mesmo perdendo, a atuação do Corinthians não foi decepcionante nos primeiros 45 minutos. No 4-1-4-1 que vai se consolidando com Fábio Carille, os dois pontas eram os principais responsáveis pelas armações das jogadas: Pedrinho pela direita e Everaldo, muito insinuante, pela esquerda.

 

Faltava ao time, porém, mais criação pelo meio. Júnior Urso não vive grande fase, enquanto Mateus Vital não conseguiu levar vantagem na primeira parte do jogo, apesar de ter criado a melhor chance de gol, num chute de fora da área. Carille, porém, acertou de novo ao não mexer no intervalo.

 

Com o mesmo time, o Corinthians voltou do vestiário apostando ainda mais na velocidade de Everaldo, que passou a receber a bola a todo momento. Ao seu lado, Mateus Vital cresceu.

 

Foi com a entrada de Fagner, aos 17 minutos, que o time se consolidou. Pedrinho chamou o jogo na direita, deu a assistência para o gol de Boselli e, num passe magistral de Mateus Vital em contra-ataque, marcou o segundo gol. Danilo Avelar ainda fez o 3 a 1 num golaço sem defeitos. Uma pintura.

 

Virada corintiana com protagonismo de Pedrinho, cada vez maior no Corinthians aos 21 anos. Autor de um gol e de uma assistência, o garoto vem sendo o cara do time neste segundo semestre.

 

Além do ganho dos pontos na tabela, a partida foi boa para Carille ver Mateus Vital rendendo bem por dentro, para Everaldo mostrar seu jogo de fôlego enquanto ele durou e, ainda, para Boselli voltar a ganhar confiança e se sentir importante num elenco que precisa muito mais dele.

 

Agora, o Timão encara o Montevido Wanderers no jogo de volta da Sul-Americana na quinta-feira, no Gran Parque Central, no Uruguai. A volta ao Brasil será na sexta-feira, com apenas um treino no CT antes do Dérbi, realizado no sábado, com portões fechados.

 

Jogos que podem fazer um Corinthians invicto no pós-Copa América (com três vitórias e um empate) sonhar com coisas bem maiores.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.