Duelo ofensivo: Santos é quem mais finaliza, e o Flamengo o mais eficiente na frente do gol

Rubro-Negro precisa de apenas seis chutes ao gol em média para fazer um gol no Brasileiro. Com Jesus, apenas quatro finalizações. Peixe também está na parte de cima do ranking

Publicado em: 14 de Setembro de 2019
Foto Por: GloboEsporte.com
Autor: Fred Huber e Gabriel dos Santos — Rio de Janeiro
Fonte: GloboEsporte.com
Gabigol x Sasha: duelo de artilheiros

O duelo entre Flamengo e Santos, sábado, às 17h, no Maracanã, além do atrativo de ter se tornado a "final" do primeiro tudo do Brasileiro, reúne as duas equipes mais ofensivas da competição. Os números indicam que o encontro dos times comandados pelos gringos Jorge Jesus e Jorge Sampaoli promete ser de muitas emoções para os torcedores.

O Peixe é quem mais chuta a gol no Brasileiro – 282 finalizações contra 269 do Flamengo, o terceiro colocado nesse quesito. No aproveitamento, no entanto, o Rubro-Negro fica bem à frente dos concorrentes. O time, que tem o melhor ataque com 41 gols marcados, precisa em média de apenas seis finalizações para marcar.

Levando em conta somente o período com Jorge Jesus, os números são ainda mais impressionantes: 4,8 finalizações para conseguir um gol. O que mostra a característica do time de trabalhar bem as jogadas, confirmada por outro número: a cada dez gols, nove são dentro da área.

Ataques mais eficientes do Brasileiro

Time

Finalizações no Brasileiro

Gols

Um gol a cada X finalizações

Flamengo

269

41

6,6

Palmeiras

265

29

9,1

Santos

282

30

9,4

Grêmio

226

24

9,4

Ceará

204

21

9,7

Botafogo

178

18

9,9

Corinthians

211

21

10,0

Fortaleza

212

21

10,1

Internacional

234

22

10,6

São Paulo

214

20

10,7

Athletico-PR

269

25

10,8

Bahia

233

21

11,1

Atlético-MG

278

23

12,1

Goiás

227

17

13,4

Fluminense

279

20

14,0

Cruzeiro

225

16

14,1

Chapecoense

237

16

14,8

Vasco

244

16

15,3

Avaí

224

9

24,9

CSA

189

7

27,0

 

Fonte: Futdados/GloboEsporte.com

+ Veja a tabela do Brasileirão

O Peixe está em sexto nesse ranking: os comandados de Sampaoli precisam em média de nove finalizações para fazer um gol – marcou 30 gols em 282 finalizações.

– Não vou responder os segredos do Flamengo (risos), mas acompanhamos os jogos e sabemos as qualidades das equipes, os pontos fortes e fracos. Assim como eles também sabem. A gente tem que se preocupar com a gente, fazer o nosso trabalho respeitando o time do Santos – disse o lateral-direito Rafinha.Boa parte do grande poder de fogo do Flamengo passa pelo trio Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta. Somados, eles marcaram 30 gols - mesmo número de todo o time do Santos. Artilheiro do Brasileiro, Gabigol marcou 15. Com os retornos de Bruno e Arrascaeta das seleções do Brasil e Uruguai, respectivamente, o trio estará novamente formado neste sábado.

No Peixe, Sasha, com oito gols, e Carlos Sánchez, com seis, são os principais goleadores. O meia uruguaio acredita que a melhor estratégia para encarar o Flamengo no Maracanã é também ameaçar o adversário.

– O Flamengo é um grande time, um grande clube, mas temos que pensar em chegar bem em busca de fazer uma grande partida. Não podemos pensar só em defender. Temos que defender atacando. Será um grande duelo, os dois times têm grandes jogadores que podem fazer a diferença. Que estejamos à altura do jogo – disse o jogador santista.

Com ingressos esgotados e promessa de gols, Flamengo e Santos se enfrentam sábado, às 17h, no Maracanã. Um empate deixa o Rubro-Negro com o título simbólico do primeiro turno. O Peixe precisa de uma vitória para assumir a ponta.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.