Em vídeo, jogador que sobreviveu ao incêndio no Ninho do Urubu tranquiliza a família no TO

O adolescente é um dos sobreviventes do incêndio que atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro; 10 morreram e três ficaram feridos

Publicado em: 09 de Fevereiro de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: Sabrina Carneiro* — Palmas, TO
Fonte: Globo Esporte
Kayque manda vídeo tranquilizando a família de Formoso do Araguaia

O zagueiro Kayque Soares Campos, de 15 anos, foi um dos sobreviventes do incêndio que atingiu o alojamento dos jovens da base do Flamengo no Ninho do Urubu, Centro de Treinamento do clube carioca que fica localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O jovem de Formoso do Araguaia, na região sul do Tocantins, mandou um vídeo tranquilizando a família e os amigos nesta sexta-feira (8). Veja vídeo abaixo

A família conversou com o Globoesporte.com e comentou sobre o momento que Kayque está passando.

- Como ele perdeu o celular durante o incêndio, estamos nos comunicando com apenas pela equipe do clube, que nos informou que ele está bem e que todos estão recebendo atendimento psicológico - explicou Fernando Campos, irmão do jogador.

- Nós conseguimos conversar com ele agora pouco. A mãe dele falou com ele e ele disse que está tudo bem e que já está aguardando a passagem para vir embora para casa - ressaltou Ribamar, pai do garoto.

Kayque havia conseguido uma vaga no CT do Flamengo e tinha se mudado nesta terça-feira (5). Antes o rapaz morava em uma pensão longe do local de treinamento, os donos também são do Tocantins.

O jogador passou no teste para compor a base do FLA em 2017. A mudança para o Rio de Janeiro foi em fevereiro do ano passado. Agora ele se prepara para voltar para Palmas neste sábado (9). Os pais vão esperar Kayque no aeroporto da capital, de lá seguem para a casa do irmão Fernando, em Miranorte, e depois para Formoso do Araguaia.

*Sob supervisão de Vilma Nascimento

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.