Projeto de natação na capital incentiva a prática do esporte entre crianças e adolescentes

Nas Raias da Vitória é uma iniciativa que tem a intenção de tirar os jovens das ruas e introduzir ao esporte

Publicado em: 25 de Julho de 2019
Foto Por: Reprodução/TVAnhanguera
Autor: Globoesporte.com — Palmas, TO
Fonte: Globoesporte.com — Palmas, TO
Jovens se nadando no projeto Nas Raias da Vitória

O projeto 'Nas Raias da Vitória' é uma ação social que tem o objetivo de ajudar crianças e adolescentes carentes a praticar de natação e evitar que fiquem nas ruas. A iniciativa também dá suporte às pessoas que tem interesse na atividade física, mas não têm condições financeiras.

 

- O objetivo é realmente tirar estas crianças e jovens da rua e trazer para o meio esportivo. A gente quer resgatar todos aqueles que até tentaram fazer um esporte, mas não tem condição e acesso – explica o professor de natação Luiz Roberto Soares.

 

O projeto começou em 2014 e em 2015 foi interrompido por falta de incentivo. Apenas agora está retomando as atividades. Eder Rabelo trabalha com natação em Taquaralto há 13 anos, assim que soube do retorno da iniciativa, se interessou em levar para as escolas que trabalha.

 

- Trabalho com 40 alunos no treinamento, e gostaria de ampliar este número. Eu acredito que seja talvez o principal gargalo desta criançada, que possa deixar de mexer com coisas erradas e passe para o meio esportivo. Tenho caso de alunos que deixaram de se envolver com drogas para continuar no esporte.

 

Um dos participantes do projeto é Diego Meza. Ele é venezuelano e está no Brasil há um ano. Em 2016 foi o melhor no 50m de costas em seu país de origem e gostou de encontrar essa iniciativa em Palmas.

 

- Eu acho interessante o começo do projeto, está me ajudando muito e temos que aproveitar esta oportunidade e treinar continuamente a cada dia.

 

O esporte também reabilita pessoas com algum problema físico, como é o caso da Bárbara Mudiã, que viu uma chance de desenvolver a força e saúde de sua coluna.

 

- Eu tenho Escoliose Múltipla, fiz a correção por meio da cirurgia e estou com 18 pinos na coluna. Para mim a natação está sendo maravilhosa, pois passei muito tempo sem fazer exercício físico e a natação está me permitindo voltar a praticar – disse a nadadora.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.