Adapec vai visitar plantações de abacaxi após produtor ser flagrado usando agrotóxico proibido

Ação será para conscientizar produtores da região sobre quais os produtos permitidos para o fruto. Propriedade onde produto foi encontrado será monitorada e recebeu multa de R$ 532,05.

Publicado em: 11 de Julho de 2019
Foto Por: Aldemar Ribeiro/ATN
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Plantações de abacaxi serão visitadas pela Adapec em Miracema do Tocantins

A Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec) informou que fará visitas a plantações de abacaxi na região de Miracema do Tocantins para orientar os produtores após o uso de um agrotóxico proibido ser constatado em uma das propriedades. O caso foi durante uma coleta de rotina do controle de qualidade e exames de laboratório indicaram a presença de Dimetoato.

O inseticida pode ser usado com segurança em outras culturas, como algodão e trigo, mas não é indicado para o cultivo de abacaxi. A coleta foi do Ministério da Agricultura, que alertou a Adapec sobre o problema.

O produtor foi multado em R$ 532,05 e a plantação dele será monitorada por fiscais de forma constante. Nas demais propriedades, as visitas terão caráter educativo, para orientação do uso correto de agrotóxicos.

O inspetor Rafael Martins, que acompanhou a fiscalização, alertou que o uso de produtos proibidos, além de gerar risco a saúde, também causa prejuízos, já que o produtor perde a credibilidade no mercado.

A Adapec lembrou também que para qualquer venda de agrotóxicos é necessário a apresentação do receituário, documento este que comprova a visita do engenheiro agrônomo ao local e que há a necessidade de uso daquele produto.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.