Prefeitura de Miracema entrega Equipamentos de Proteção Individual aos servidores do cemitério municipal

Publicado em: 12 de Abril de 2019
Foto Por: Ronys Rocha / Ascom Prefeitura de Miracema
Autor: Ascom
Fonte: Ascom
O mau uso do EPI e suas consequências - palestra

O mau uso do EPI e suas consequências, esse foi o tema da palestra realizada nesta quinta-feira, 11, na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente, ministrada pela engenheira Agrícola, especialista em Segurança do Trabalho, Odimara Luiza Iaskievicz Scariot, aos servidores do cemitério local São João Batista. 

 

A palestra teve como objetivo conscientizar os servidores quanto à importância da higienização e do uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), bem como a entrega de alguns materiais de proteção aos colaboradores, material complementar adquirido pela Prefeitura aguarda a chegada para posterior entrega. 

 

Na oportunidade, Odimara Luiza elencou diversos EPIs, especificando o uso adequado de cada item, as formas de higienização e exemplificando situações de trabalho nas quais o equipamento é indispensável. Além disso, ela ressaltou o quanto é importante utilizar equipamento com o Certificado de Aprovação (CA), pois é a garantia de que o material foi testado pelo órgão competente e está aprovado para o uso. Informou ainda que, a palestra será realizada em todas as secretarias, em prol do movimento Abril Verde.

 

Para o servidor, Lucimar Luiz do Nascimento, mais conhecido como Zé do Caixão, esta iniciativa inédita do município contribui muito para a segurança e saúde dos funcionários.

 

"Gostei muito de participar desta palestra, saio daqui com mais conhecimento, motivado e consciente do que devemos fazer para minimizar os riscos aos quais estamos expostos", enfatizou.

 

Abril Verde, todos pela prevenção da saúde e segurança do trabalho.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.