Joana Balaguer revela que a maternidade mudou sua vida: 'Nasci para ser mãe'

Atriz, que estrelou 'Malhação' nos anos de 2005 e 2006, conta detalhes da rotina com os dois filhos em Portugal e como concilia a vida familiar com a profissional

Publicado em: 08 de Janeiro de 2019
Foto Por: Arquivo pessoal
Autor: Gshow
Fonte: G1 gshow
Joana Balaguer diz que encontrou sua verdadeira vocação com a maternidade: 'Nasci para ser mãe'

Joana Balaguer ficou famosa em 2005 ao estrelar as temporadas 12 e 13 de Malhação como a vilã Jaque. A personagem fez tanto sucesso que foi mantida nos anos seguintes.

 

Tempos depois, ao se casar, mudou-se para Portugal onde vive com o marido e os dois filhos até hoje. A atriz chegou a estrelar uma novela em terras lusitanas, mas só tem aceitado projetos que não exijam tanta dedicação, já que cuida de uma filha pequena atualmente.

 

Vida profissional

 

Como Malhação é sempre um trabalho inesquecível, Joana Balaguer não nega que carrega as boas memórias dessa época. Quando perguntada sobre o que vem à mente ao lembrar Jaque, ela é certeira: “Alegria e orgulho”.

 

 “Morro de saudade daquela época. Eram todos muito jovens, sem preocupações. Conheci pessoas maravilhosas. Ainda tenho contato com várias pelas redes sociais.”

 

Caso recebesse um convite para voltar à novela, ela admite que se animaria, mesmo vivendo em Lisboa com a família.

 

“Tudo depende, pois tenho minha vida estabilizada, mas seria um convite tentador”, diz.

 

Conciliando vida profissional e familiar, ela fez a escolha de cuidar de sua filha mais nova até ela crescer mais um pouco, antes de entrar de cabeça em um grande projeto.

 

Vida pessoal

 

Mãe de Martin e Gaia, por enquanto ela prefere não fazer planos de um novo bebê, mas não esconde que às vezes pensa em ter mais filhos.

 

“Consegui conciliar meu programa em Portugal com as crianças nas férias. Tive que recusar uma novela este ano, pois não estava preparada para deixar a Gaia. Tudo tem seu tempo certo. Só me senti à vontade para me entregar a um papel quando Martin tinha 2 anos.”

 

“Estou muito feliz com os dois. Amo engravidar, parir, recém-nascido. Pensar que fechei a fábrica me assusta, mas também aqui cuido deles em tempo integral. Tem horas que quero uma tropa, em outras estou bem com os dois só”, completa.

 

A tão sonhada maternidade para muitas mulheres também transformou a vida de Joana, que vê seus filhos de maneira incondicional:

 

“Nunca imaginei ser mãe e viver para filhos, sempre fui muito independente e egoísta comigo. Mas hoje vejo que nasci para ser mãe. Hoje são eles, e depois eu”.

 

Boa forma

 

Vaidosa assumida, Joana conta que a rotina com as crianças a ajuda a manter a boa forma:

 

“Estou no meu peso agora. Fiquei mais de um ano sem exercício, o que não me fez muito bem, já que adoro me exercitar. Mas cuido da alimentação, faço drenagem toda semana, cuido da pele. E cuido de duas crianças. Esse é o maior exercício e melhor forma de me cuidar: estando com eles”.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.