Wagner Moura vence processo contra Reinaldo Azevedo por danos morais

Publicado em: 28 de Junho de 2019
Foto Por: © Pedro Prado
Autor: Msn
Fonte: msn
Wagner Moura vence processo contra Reinaldo Azevedo por danos morais

O ator Wagner Moura venceu uma ação indenizatória na Justiça contra o jornalista Reinaldo Azevedo e a editora Abril, num processo de danos morais por uma matéria, intitulada “Wagner Moura, o ‘aclamado’ do nariz marrom, levou um R$ 1,5 milhão do Ministério da Cultura”, assinada por Azevedo e publicada pela revista Veja em março de 2016.

Pela decisão da juíza Juliana Leal de Melo, da 9ª Vara Cível do Rio, tanto o jornalista quanto a editora Abril foram condenados a pagar R$ 80 mil ao ator, que inicialmente havia pedido uma indenização de R$ 150 mil.

Além disso, a Justiça determinou que a editora Abril retire do ar em até cinco dias a reportagem ainda disponível no site da Veja sob a pena de R$ 10 mil de multa.

Moura alega em sua defesa “que nunca recebeu um centavo da Lei Rouanet e que, caso fosse contemplado com tal verba, não estaria praticando qualquer ilicitude”.

“Durante a sua carreira somente prestou serviços como empregado para empresas que tiveram projetos contemplados na Lei Rouanet, jamais sendo o autor o proponente”, alegou o advogado do ator, Ricardo Brajterman.

A sentença foi comemorada por Moura junto de seu aniversário. O ator completou 43 anos na quinta-feira (27/6).

Mas ainda cabe recurso e Reinaldo Azevedo afirmou que vai recorrer. Com isso, além de ter mais despesas jurídicas, também pode ser condenado a pagar valores maiores, caso volte a perder o processo.

O jornalista não trabalha na mais na Veja, tendo virado blogueiro do UOL.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.