Bombeiros Militares resgatam animal em poço na zona rural de Palmas

Ação durou cerca de duas horas, com equipe de salvamento tirando o animal com vida e sem ferimentos. Bombeiros orientam sobre poço abertos

Publicado em: 19 de Junho de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: Luiz Henrique Machado/Governo do Tocantins
Fonte: Ascom

A equipe de salvamento do Corpo de Bombeiros Militares iniciou o expediente desta terça-feira, 18, resgatando uma vaga que caiu em um poço na zona rural de Palmas. A ação durou cerca de duas horas.

O chamado foi às 7h40, e às 8h14 a unidade já estava na Chácara Águia do Cerrado, iniciando o resgate do animal no poço. A propriedade fica a cerca de cinco quilômetros da TO-050, e a dois quilômetros e meio da TO-010, que dá acesso a Aparecida do Rio negro.

Como o poço estava com água, a vaca não teve ferimentos na hora da queda. O primeiro procedimento dos bombeiros foi usar uma corda amarrada ao pescoço do bicho, e assim evitar a morte por afogamento. A retirada foi feita com uso de um tripé.

Logo que o animal foi colocado fora do poço, o proprietário o soltou de volta ao pasto.

O Subtenente Adnaldo Simon Alves da Silva Tavares, que chefiava a equipe, explicou que é preciso adotar alguns cuidados quando um poço ficará em desuso, sobretudo em regiões mais isoladas.

"A orientação é que o proprietário faça a cobertura do poço, até como forma de sinalizar a existência dele na localidade, ou então que esse foço seja entupido e assim evitar qualquer tipo de acidente, seja com animais, pessoas adultas ou crianças", disse.

A equipe teve ainda a participação dos sargentos Vinicius e Chaves e saldados Marley e Feliciano.

Foto/Crédito: Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins

Legendas

01 – Bombeiro prepara a vaca para ser resgatada pela equipe

02 – Equipe de salvamento resgata animal em poço na zona rural

03 – Uso de tripé possibilitou que Bombeiros retirassem animal do poço

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.