Diversão e educação com a Escolinha de Trânsito Patrulheiro Mirim

Publicado em: 11 de Junho de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

As famílias que visitaram o Shopping neste fim de semana tiveram a oportunidade de conversar com seus filhos sobre educação no trânsito de uma maneira bem diferente e divertida. Com a “Escolinha de Trânsito Patrulheiro Mirim”, as crianças puderam entender a importância das regras, sinais, tudo que auxilia para a segurança do trânsito.

 

O momento de conscientização aconteceu no Capim Dourado Shopping, onde foi montado um circuito simulando as vias de trânsito com mini semáforo, mini lombada, placas de sinalização, faixa de pedestre e outros. A via era percorrida pelas crianças que puderam escolher entre bicicletas e carrinhos elétricos.

 

O empresário Willian Chaves Queiroz, pai do Davi Alves Queiroz de 04 anos, reforçou como a conscientização auxilia positivamente na vida das crianças. “Achei a iniciativa muito interessante, porque traz o conhecimento para nossas crianças sobre o comportamento no trânsito, a segurança de atravessar na faixa. É até um tipo de alerta dos pais na condução, que os meninos estão ligados e sabendo como é o processo e acabam tendo o feedback dos filhos no momento do trânsito no dia a dia”, destacou. 

 

A mãe do Davi Coelho, de 07 anos, a servidora pública Alécia Moreira de Oliveira Coelho, disse que a conscientização é “muito interessante porque incentiva as crianças a respeitarem o trânsito desde pequenas”.  A servidora compartilhou ainda que o filho já tem um bom envolvimento com a educação no trânsito, e o circuito é um momento de reforço de conhecimento. “Meu filho já se interessa muito pelo trânsito, ele mesmo fala para o pai o que pode e não pode. Ele já sabe quase todas as placas”, disse. 

 

O evento é uma realização da Polícia Militar do Estado do Tocantins, por meio do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e Divisas (BPMRED), e da Agencia Tocantinense de Transporte e Obras (AGETO).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.