Educadores e Militares terão Centro de Formação compartilhado em Palmas

O novo espaço será compartilhado pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e a Polícia Militar (PM) para atender as demandas de capacitação, formação e aperfeiçoamento

Publicado em: 17 de Abril de 2019
Foto Por: Zezinha Carvalho
Autor: Núbia Daiana Mota / Governo do Tocantins
Fonte: Ascom

 

A partir do mês de abril, o Tocantins passa a contar com um espaço exclusivo para as atividades de capacitação, formação e aperfeiçoamento dos servidores da educação estadual e da Polícia Militar. O Centro de Formação está sendo instalado no prédio onde funcionava a Escola Estadual de Tempo Integral Augusto dos Anjos, na Quadra 607 Norte. O protocolo de intenções foi assinado nesta terça-feira, 16, entre as pastas, na presença do governador Mauro Carlesse, em solenidade que reuniu educadores e representantes da Polícia Militar.

O espaço conta com 26 dependências, entre salas de aula, auditório, refeitório, biblioteca quadra, bloco administrativo, dentre outros. Conforme a titular da Seduc, Adriana Aguiar, a dimensão da estrutura permite a utilização simultânea do prédio pelas duas instituições.

"Este será um espaço compartilhado e com capacidade para a utilização concomitante entre a Seduc e a PM. Ter este local adequado para realizarmos as mais diversas ações de capacitação para os profissionais da educação era um desejo antigo, visto que, pelo quantitativo de servidores, tínhamos que usar espaços cedidos ou locados para realizar nossos encontros e capacitações", enfatizou.

O governador Mauro Carlesse frisou que a medida visa otimizar os serviços prestados à população, zelando pela eficiência do investimento dos recursos públicos. "Estamos trabalhando para termos, na educação e na polícia, servidores cada vez mais preparados para que possam cuidar da nossa comunidade", ressaltou. 

A iniciativa é mais um passo dado pelo Governo do Estado que fortalece a parceria entre a Educação e as forças de segurança. Por meio de ações integradas, a rede estadual de ensino conta, por exemplo, com programas como o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), além das 10 unidades do Colégio da Polícia Militar localizados nos municípios de Palmas (duas unidades), Araguaína, Arraias, Paraíso, Araguatins, Gurupi, Guaraí, Porto Nacional e Colinas.

Mais segurança par a região

A auxiliar de biblioteca, Santana Silva Barbosa, é moradora da região. Para ela, a presença diária da Polícia Militar na localidade será benéfica para a comunidade. "Quem mora por aqui está muito feliz, porque para nós isso representa mais segurança", avaliou.

Quem também aprovou a iniciativa foi Maria Domingas Rodrigues, que é copeira da academia de Polícia, e também mora na região norte. "Foi a melhor coisa ter a polícia aqui. Com certeza a gente se sente mais segura", disse.

Atendimento na região Sul

Na ocasião, foi assinado também o termo de cooperação técnica que contempla uma nova destinação para a estrutura física do Centro de Atenção Integral à Criança (Caic), localizado na região Sul da capital. O prédio está sendo disponibilizado para o desenvolvimento de atividades do Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Estado da Segurança Pública, que irão compor o Centro Integrado de Formação e Segurança Pública (Ciforsep).

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Reginaldo Leandro da Silva, uma destas ações é Projeto Bombeiros Mirins que prevê a oferta de aulas de música, noções de informática, recreação, dentre outras atividades educativas e culturais, destinadas a crianças e adolescentes.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.