Em menos de 12h, dois postes são derrubados em acidente na capital

Os acidentes foram registrados na madrugada deste domingo (10). Segundo a Energisa, o custo médio de substituição de postes é de R$ 3 mil e deve ser pago pelo condutor responsável pela batida.

Publicado em: 11 de Fevereiro de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Acidente envolvendo caminhonete foi registrado no Aureny I

Dois acidentes envolvendo postes de energia foram registrados na madrugada deste domingo (10) em Palmas. Até a publicação dessa reportagem não havia sido divulgado o estado de saúdo dos condutores e a provável causa dos acidentes.

Um dos acidentes foi registrado na quadra 501 norte. Um carro bateu no poste e deixou 146 casas sem energia, segundo informou a Energisa. O outro acidente foi no Aureny I, próximo a um posto de combustível.

A Energisa informou que nenhum morador foi prejudicado, porém, para realizar a substituição do poste, 100 casas próximas terão a energia desligada, até a substituição que dura em média 4 horas.

Conforme a companhia, com os dois acidentes desta madrugada, já são 37 postes derrubados em acidentes de trânsito, só no início desse ano. Em 2018, foram 436 postes derrubados no trânsito.

Segundo a Energisa, o custo médio de substituição de postes é de R$ 3 mil e deve ser pago pelo condutor responsável pela batida. Quando um transformador é afetado no acidente envolvendo poste, esse custo pode ultrapassar os R$ 10 mil.

Recomendação

A concessionária de energia orienta que, caso tenha cabo rompido por causa da batida, a vítima deve permanecer dentro do veículo e pedir ajuda, acionando o Corpo de Bombeiros e a Energisa pelo 0800 721 3330.

Para quem presencia o acidente, a orientação é a mesma: entrar em contato com a distribuidora e jamais se aproximar dos cabos de energia. Chegando ao local, a Energisa irá isolar a área de risco e adotar as medidas de segurança necessárias.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.