Governo diz que há famílias pré-selecionadas para apartamentos que serão construídos em terreno invadido

Polícia Militar informou que seis pessoas foram presas e que estão apurando imagens que circulam nas redes sociais. Situação foi na 905 Sul.

Publicado em: 16 de Setembro de 2019
Foto Por: Guilherme Lima/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Situação é na quadra 905 sul, em Palmas

O Governo do Tocantins disse na tarde deste domingo (15) que já existem famílias pré-selecionadas para receber os 272 apartamentos que serão construídos no terreno invadido na quadra 905 Sul, em Palmas. Integrantes do Movimento Luta pela Moradia ocuparam lotes no local pela manhã, mas foram retirados pela Polícia Militar.

Não foi divulgada a lista de nomes dos pré-selecionados. O governo disse ainda que a obra foi retomada e segue um novo cronograma, mas não deu nenhum prazo. O empreendimento faz parte do programa Pró-Moradia.

Também em nota, a Polícia Militar informou que deteve seis pessoas e que elas vão responder por esbulho possessório, resistência e desacato. Entre os presos, estava o ex-vereador de Palmas, Bismarque do Movimento (PT) e um advogado que acompanhava a situação.

Sobre imagens que circulam nas redes sociais de manifestantes alegando ter sido vítimas de violência policial, a instituição disse estar apurando.

A invasão

Um grupo de famílias sem teto invadiu lotes na quadra 905 Sul, no plano diretor de Palmas, na manhã deste domingo (15). Eles chegaram ao local por volta das 5h e tomaram posse de terrenos onde seriam construídas casas populares. Durante a manhã, eles começaram a demarcar o terreno e fazer a divisão.

Algumas horas depois, equipes da Polícia Militar e outras forças de segurança chegaram ao local. O helicóptero da Secretaria de Segurança Pública também foi visto sobrevoando a região. Os manifestantes foram retirados dos lotes e ficaram no canteiro central da Avenida LO-23, que fica em frente a quadra.

Os manifestantes alegam que precisam dos lotes e que atualmente estão pagando aluguel sem ter condições.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.