Homem suspeito de roubar condomínio de luxo em Palmas é preso pela Polícia Civil em Taguatinga

Publicado em: 24 de Agosto de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: Rogério de Oliveira/Governo do Tocantins
Fonte: Ascom

Na tarde desta sexta-feira (23), uma força-tarefa montada pela Polícia Civil do Tocantins, através das Delegacias Estadual de Furto e Roubo de Veículos Automotores (Derfrva) da 1ª Delegacia de Palmas e da Delegacia de Taguatinga, resultou na prisão de um homem de inicias W. M. S, de 20 anos de idade naquela cidade.

 

Ele é suspeito de praticar um roubo à mão armada, com restrição de liberdade em um condomínio residencial de luxo, em Palmas, fato ocorrido no dia 13 de agosto do corrente ano e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva.

 

De acordo com o delegado Anderson de Lima Casé, um dos responsáveis pelo caso, W. M. S. foi capturado quando se encontrava em uma das ruas de Taguatinga, cidade para onde havia fugido após, roubar, na noite da última quinta-feira (22), um veículo, VW, Gol, em Palmas.

 

O indivíduo estava sendo monitorado pelos policiais e, ao ser confirmado que W. M. S. estava escondido na cidade de Taguatinga/TO, os policiais civis da DPC de Taguatinga foram acionados para integrar a equipe e dar cumprimento ao mandado de prisão.

 

Ainda segundo a autoridade policial, o suspeito já tinha várias passagens por roubo a veículos e residências, em Palmas, sendo que, no assalto praticado ao apartamento localizado no condomínio de luxo, ele adentrou ao local, rendeu a funcionária, subtraiu vários pertences, e não satisfeito, aguardou a chegada dos donos do imóvel, que também foram rendidos, amarrados. Na ocasião, ele roubou duas armas de fogo municiadas, além de outros objetos, bem como um veículo, Peugeot, modelo 2008 e fugiu.

 

No momento em que foi abordado, o suspeito estava de posse de um revólver calibre 38, bem como do veículo gol, roubado, na noite anterior, em Palmas. Após ser capturado, o indivíduo foi conduzido até a sede da Delegacia de Taguatinga, e após os procedimentos legais cabíveis, será recambiado para Palmas, a fim de que responda pelas acusações que lhe são imputadas.

 

Além do delegado Anderson Casé, a ação policial também contou com participação efetiva dos delgados; Ricardo Real, Túlio Pereira Mota, Márcio Duarte, Eduardo Nunes e apoio da Diretoria de Polícia da Capital e da 103ª  Delegacia de Polícia Civil de Taguatinga.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.