Hospital Infantil de Palmas tem brinquedoteca reformada

A unidade foi escolhida para receber a ação dentro de evento realizado pela Escola Adventista de Palmas

Publicado em: 14 de Setembro de 2019
Foto Por: Divulgação HIP
Autor: Aldenes Lima/Governo do Tocantins
Fonte: Ascom
O espaço foi pintado, recebeu novos brinquedos e materiais para atividades lúdicas das crianças internadas

O Hospital Infantil de Palmas (HIP) recebeu nesta sexta-feira, 13, a reforma da brinquedoteca da unidade, que foi totalmente repaginada por voluntários da Escola Adventista de Palmas (EAPA). A Ação faz parte da Gincana Radical Mais Saúde Mais Legal, que a escola realiza anualmente, envolvendo alunos, professores, pais e comunidade em geral e beneficia várias entidades.

 

Segundo a diretora geral do HIP, Waldineide Pereira França, o espaço foi pintado, recebeu novos brinquedos e materiais para atividades lúdicas das crianças internadas. "Eles nos procuraram e a gente sugeriu que fosse feita a reforma da brinquedoteca, pois é um espaço muito útil para amenizar os danos psicológicos das crianças que passam vários dias foram de casa em situação de doenças e em ambiente hospitalar", declarou, acrescentando que ficou muito feliz com em ter a unidade escolhida.

 

Para a moradora de Palmas, Patrícia Bezerra dos Santos, mãe do pequeno Daniel, em tratamento no hospital, "a reforma foi muito linda e criativa, é muito bom para nossas crianças brincarem e se desenvolverem, aqui temos brinquedos, livros e uma equipe muito participativa", afirmou.

 

De acordo com publicação da escola, a Gincana tem como objetivo "capacitar os alunos e a comunidade para práticas de promoção, proteção e recuperação da saúde", dentro de uma perspectiva, de que "educar para a saúde de forma contextualizada, o professor e a comunidade escolar contribuem de maneira decisiva na formação de cidadãos capazes de atuar em favor da melhoria dos níveis de saúde pessoal e da coletividade".

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.