Moradores reclamam de esgoto a céu aberto e mau cheiro em bairro no sul de Palmas

Além do forte mau cheiro, a rua RN-04 fica alagada e deixa os carros atolados. Moradores dizem que a impressão que têm é que estão vivendo dentro de um chiqueiro.

Publicado em: 10 de Janeiro de 2019
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: TV Anhanguera
Fonte: G1 Tocantins
Motoristas têm dificuldades para passar por rua alagada

Os moradores do setor Lago Sul, na região sul de Palmas, estão reclamando da falta de saneamento básico na rua RN-04, a única sem asfalto.

 

Os moradores disseram que já fizeram várias reclamações, mas o problema nunca foi solucionado. Além do forte mau cheiro, a rua fica alagada e deixa os carros atolados.

 

Um dos moradores disse que paga as taxas de esgoto, mas não utiliza os serviços. "Mais uma vez estamos pedindo às autoridades que venham olhar para esse setor. É a única rua que não tem asfalto e pelo menos, senhora prefeita, que passe as máquinas aqui para tirar essa lama. Cada carro que passa fica fedendo. A gente não suporta mais esse transtorno", disse.

 

O motorista Marilon Martins conta que mora na frente de um ponto alagado. "Meu carro está meio acabado, porque como que sai da casa com um poço de lama? Se eu passar devagar ele fica", disse.

 

Uma moradora disse que a impressão que tem é que está morando dentro de um chiqueiro. "Isso é uma vergonha muito grande. A gente está decepcionado e muita gente passa criticando. Vocês [autoridades] têm que ter dó de nós, também somos seres humanos. Já que não querem asfalto, bota pelo menos uma piçarra para ver se fica melhor", reclama.

 

O comerciante da região disse que a situação está afetando as vendas dos petiscos. "O cheiro está insuportável. Prejudica eu, prejudica os moradores. Cadê as autoridades para fazer algo por nós? Estamos esquecidos", conta.

 

A prefeitura de Palmas foi procurada, mas não deu prazo de quando o problema será resolvido. Disse que empresa responsável foi notificada a executar as obras de terraplanagem e drenagem pluvial no local.

 

Disse ainda que a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Público abriu processo administrativo para rescisão do contrato pelo não cumprimento das condições contratuais e um novo processo licitatório será aberto para retomada das referidas obras.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.