Motoristas fazem fila gigante para abastecer com gasolina a R$ 2,70 durante feirão do imposto

Combustível está sendo vendido 42,45% mais barato. Em Palmas, açaí, pizza e outros produtos também estão sendo comercializados sem o tributo.

Publicado em: 25 de Maio de 2019
Foto Por: Eduarda Formiga/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Carros fazem fila gigante para abastecer com gasolina a R$ 2,70

Uma fila gigante de veículos tomou conta do Jardim Aureny III, em Palmas na manhã deste sábado (25). Motoristas acordaram cedo e foram até o posto de combustível na região, onde a gasolina está sendo vendida sem impostos. O valor, que era de R$ 4,70, foi reduzido para 2,70. A ação faz parte do Feirão do Imposto, realizado todo ano no Tocantins.

A lista com os participantes e os produtos com desconto pode ser conferida nesse link.

O combustível está sendo vendido 42,45% mais barato. Segundo o posto, serão comercializados mil litros de gasolina e o abastecimento é limitado em R$ 20 por pessoa. Para aproveitar a ação, os motoristas se aglomeraram no local. A fila virou o quarteirão.

O feirão é tradicional no Tocantins e estimula a venda de produtos e serviços sem impostos. A ação é realizada pela Associação dos Jovens Empresários e Empreendedores do Tocantins (AJEE TO).

O tema da campanha esse ano é "Menos e Mais". A AJEE informou que realizou mobilização e conscientização em escolas e universidades sobre a importância de uma reforma tributária no país.

No estado participam do imposto, estabelecimentos de Palmas, Araguaína, Gurupi e Pedro Afonso. Na capital, o açaí será vendido 23,63% mais barato. Sem os impostos, o preço que era de R$ 33,90 vai para R$ 25,89, em frente ao parque dos Povos Indígenas, na quadra 104 Norte. Os amantes de pizza também poderão comprar o alimento mais barato. De R$ 49,90 por R$ 33,79, no restaurante localizado no shopping da região central de Palmas.

“O Dia Livre de Impostos é uma forma de deixar claro ao consumidor como a alta tributação afeta seu poder de compra. Altos tributos sem retorno têm impacto ruim na vida das pessoas, além disso tornam os produtos mais caros, gerando uma queda nas vendas do varejo, que passa a contratar menos funcionários. Sem emprego as pessoas diminuem seus gastos e assim por diante num ciclo”, explicou o presidente da Associação dos Jovens Empresários e Empreendedores do Tocantins, Renan Macêdo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.