Mulher agredida com pedradas morre após quase um mês internada no HGP

Daniela Batista Araújo, de 34 anos, foi atacada no dia 15 de junho em Palmas. Ainda não há informações do que motivou o ataque.

Publicado em: 11 de Julho de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Corpo foi levado para o IML de Palmas

Uma mulher que estava internada no Hospital Geral de Palmas há quase um mês morreu na noite desta quarta-feira (10) na capital.

 

Daniela Batista Araújo, de 34 anos, não resistiu aos ferimentos após ser atacada com pedradas na cabeça em Taquaralto. O crime foi no dia 15 de junho.

 

O corpo dela foi levado para o Instituto Médico Legal e permanecia no local até às 7h desta quinta-feira (11). Ainda não há informações sobre o que motivou o ataque.

 

G1 procurou a Secretaria de Segurança Pública para saber como estão as investigações do caso e aguarda retorno.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.