Mutirão faz testes rápidos para detectar hepatites e HIV em moradores de Palmas

'Arraiá dos Testes Rápidos' é realizado pelo Centro de Saúde da Comunidade do setor Santa Fé. A meta é fazer a testagem em 100% das gestantes atendidas pela unidade.

Publicado em: 13 de Junho de 2018
Foto Por: Divulgação
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Centro de saúde faz testes rápidos em moradores de Palmas

Um mutirão realizado nesta quarta-feira (13) vai orientar os moradores da região sul de Palmas sobre a importância da prevenção e vacinação de hepatites virais. O objetivo também é fazer testes rápidos para detecção de hepatites B e C, HIV e Sífilis. O 'Arraiá do Teste Rápido' é realizado pela equipe do Centro de Saúde da Comunidade do setor Santa Fé, a partir das 8h30. 

 

A meta é fazer a testagem em 100% das gestantes atendidas pelo centro de saúde. Os profissionais das equipes de Saúde da Família e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família também vão realizar ações educativas e físicas para todos os usuários.

"É importante a gestante detectar no pré-natal e fazer o tratamento até 20 dias antes do parto, preferencialmente, para que não tenha consequências para o bebê. O bebê pode nascer sequelado em razão da sífilis não tratada. O parceiro da mulher também precisa tratar", argumentou a enfermeira Regina Ferreira Rodrigues. Os testes ficam prontos em cerca de 30 minutos.

Durante a programação, os usuários ainda poderão experimentar comidas típicas e prestigiar a decoração inspirada em festas juninas.

 

Sobre a doença

 

As hepatites virais são doenças provocadas por diferentes tipos de vírus. Todos agem nas células do fígado, mas apresentam características distintas, que são classificadas com base nas formas de transmissão. As hepatites A e E são transmitidas de modo fecal-oral (devido às condições de saneamento básico e higiene pessoal); e as hepatites B, C e D são transmissíveis através do sangue, e mãe para filho durante gravidez e parto, contato sexual, hemodiálise ou transfusão de sangue infectado.

Os sintomas são pouco frequentes tanto nas infecções agudas quanto crônicas, mas quando aparecem podem caracterizar coloração amarelada da pele e das mucosas, da urina e das secreções corporais, fadiga, dor abdominal, náusea e vômitos, entre outros.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.