Palmas começa a aplicar dose extra da vacina contra o sarampo nesta sexta (23)

"Dose zero" será aplicada em bebês com idades entre 6 e 11 meses. A cidade não tem nenhum caso de sarampo. Imunização será reforçada em pontos de grande movimento da capital.

Publicado em: 23 de Agosto de 2019
Foto Por: Divulgação CMS
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Vacinação contra o sarampo será intensificada em Palmas

A Prefeitura de Palmas informou que a partir desta sexta-feira (23) vai oferecer a 'dose zero' da vacina contra o sarampo. Ela é chamada desta forma por ser uma dose que não está prevista no calendário regular. A medida é para que bebês entre 6 e 11 meses também sejam imunizados. Normalmente, a primeira dose só é aplicada após 12 meses de vida.

 

A Secretaria Municipal de Saúde disse que, além dos postinhos de saúde, também haverá aplicações em locais de grande movimento. Agentes de saúde irão até escolas, hospitais, hotéis da cidade e o aeroporto.

 

A medida é preventiva e não substituí as doses regulares indicadas pelo Ministério da Saúde. Palmas não teve nenhum caso registrado de sarampo, mas devido a situação epidemiológica em outros estado a ação foi indicada.

 

Também serão aplicadas doses em pessoas de 6 meses até 49 anos, que não têm comprovação que já receberam a vacina.

 

A tríplice viral é fornecida pelo Programa Nacional de Imunizações e está disponível durante todo o ano. A vacina deve ser aplicada em duas doses a partir de um ano de vida da criança até 29 anos de idade.

 

Pessoas que nasceram a partir da década de 1960 e que têm entre 30 e 49 anos devem receber uma dose. A vacina é contraindicada para mulheres grávidas e indivíduos imunossuprimidos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.