Vereador Filipe Martins faz novo alerta sobre boneca momo: "Crianças estão em perigo"

Publicado em: 19 de Março de 2019
Foto Por: WEB
Autor: Ascom
Fonte: Ascom
Desafio da boneca momo preocupa pais e educadores

O vereador Filipe Martins (PSC) disse nesta segunda-feira, 18, estar muito preocupado com a situação das crianças e alerta os pais a redobrarem atenção e cuidados.

 

É que vídeos infantis estão sendo interrompidos com imagens da assustadora boneca Momo. São cenas terríveis que ensinam, passo a passo, como as crianças devem fazer para cortar os pulsos.

 

 E as instruções bem claras, como: "busque algo bem pontudo, e se corte! Se não doer, faça mais forte!".  

 

No ano passado, o parlamentar fez um alerta sobre situação parecida envolvendo a mesma boneca. 

 

Para Martins, é preciso que os pais conversem com os filhos e perguntem sobre eventuais orientações dessa "boneca", pois em caso de não cumprimento das instruções, a boneca ameaça as crianças.

 

 "É uma situação perigosa. Vamos proteger nossos maiores tesouros e vamos começar por nós adultos, deixando de ver tanta coisa pela internet, e usando nosso tempo com a família em atividades que as vezes, deixamos de lado como um jogo de tabuleiro, ler histórias, colorir e principalmente, buscar sempre a presença de Deus em família", sugeriu. 

 

Perigo

 

A maior surpresa dos pais, é que mesmo colocando filtros nos vídeos, deixando-os no modo restrito, e utilizando o aplicativo YouTube Kids, as crianças não ficam isentas de serem alcançadas pelo terror.

 

O YouTube se manifestou com uma carta dizendo que, "...depois de muita análise, não vimos nenhuma evidência recente de vídeos promovendo o Desafio Momo no YouTube. Vídeos incentivando desafios prejudiciais e perigosos são claramente contra nossas políticas, incluindo o desafio Momo. Apesar dos relatos da imprensa sobre esse desafio, não tivemos links recentes sinalizados ou compartilhados conosco do YouTube que violem nossas Diretrizes da comunidade....".

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.