Antonio Andrade debate questões relacionadas ao Legislativo Estadual em Brasília

Publicado em: 09 de Outubro de 2019
Foto Por: Jessen Peixoto
Autor: Rogério Tortola
Fonte: Ascom

O presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins (AL-TO), deputado Antonio Andrade (PTB), participa nesta segunda-feira, 7, de um encontro com os presidentes de Assembleias de todo o Brasil, em Brasília – DF. O evento é promovido pela União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), que tem como presidente o deputado ClariKennedy Nunes (PSD-SC).
 

Pauta



Na pauta, temas relacionados à gestão das Assembleias e defesa dos parlamentares, além do fortalecimento do Poder Legislativo estadual e questões institucionais.



Esta é a primeira participação de Antonio Andrade, como representante do legislativo estadual, em uma reunião oficial da Unale. Também acompanham o presidente o deputado Olyntho Neto (PSDB) e o diretor-geral da AL-TO, Júnior Diamantino.



Sobre a Unale



A União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais – Unale, fundada em 1996, é uma sociedade civil de direito privado, sem fins lucrativos, que congrega a união dos 1059 deputados estaduais da República Federativa Brasileira.



A entidade prima pela consolidação dos ideais comuns que buscam a garantia do cumprimento dos direitos e deveres dos estados para com a população.



Atualmente, a Unale é a única entidade com reconhecimento legítimo perante o Supremo Tribunal Federal (SFT) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) de representação dos 1.059 deputados estaduais e das 27 Casas Legislativas do Brasil.



Nesse sentido, a Unale tem a missão de assumir a defesa dos interesses estaduais coletivos, divulgar as ações legislativas, buscar parcerias para seu aperfeiçoamento e qualificação junto a órgãos e entidades representativas nacionais e internacionais, difundir a importância do legislativo estadual no sistema democrático e promover o debate permanente de grandes temas de interesse do país.
 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.