Paulo Mourão afirma que Doris Coutinho orgulha o Tocantins, em lançamento de livro da Conselheira do TCE

Publicado em: 11 de Outubro de 2018
Foto Por: Antônio Gonçalves
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

"A conselheira Doris é um orgulho para o Tocantins e uma referência para o Brasil, uma das maiores especialistas na questão tributária e de fiscalização das finanças públicas", assim o deputado estadual Paulo Mourão (PT) se referiu à Conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE), Doris de Miranda Coutinho, ao prestigiar o lançamento do segundo livro da magistrada na noite desta quarta-feira, dia 11, na livraria Leitura, no capim Dourado Shopping.

 

O livro é intitulado: Finanças Públicas: Travessia entre o Passado e o Futuro. "Estive no lançamento do livro anterior que trouxe uma contribuição de alta relevância aos questionamentos das finanças públicas e do equilíbrio fiscal", referendou.

 

Paulo Mourão enalteceu o trabalho da conselheira Doris no sentido de esclarecer e propor soluções para questões ligadas ao controle das contas públicas.

 

"É de uma grandeza a preocupação da Conselheira Doris, é preciso se ater a esse estudo, a discutir isso de forma pedagógica, assim como ela sempre traz no bojo de suas obras", disse o deputado.

 

"Quero parabenizá-la, sei que é uma obra de muita consistência e creio que vamos aprofundar o debate com essa bela contribuição que ela dá ao povo brasileiro e em especial a nós do Tocantins", continuou o parlamentar.

 

Paulo Mourão afirmou ter "orgulho imenso" de ter Doris Coutinho como conselheira do Tribunal de Contas. "É reconhecida como uma das mais conceituadas representantes dos tribunais de contas do Brasil. Isso para o Tocantins é uma dádiva, especialmente para mim que tenho uma verdadeira admiração por ela, vou ler e reler esta obra que tenho certeza vai me trazer bons ensinamentos para podermos melhorar o debate e termos um estado mais equilibrado, mais justo e compromissado com as finanças públicas", reafirmou Paulo Mourão.

 

O parlamentar entende que o debate em torno das finanças públicas precisa se estender a todos os poderes. "Se não houver esse compromisso com as finanças públicas, com o equilíbrio fiscal nós não sairemos dessa encruzilhada e somente nos aprofundaremos nesse lamaçal de problemas que o Tocantins vive", sustentou o deputado. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.