Prefeitura de Palmas assina convênio para amparo técnico-social em residencial

Recursos, por meio da Caixa e do Programa Minha Casa, Minha Vida, são no valor de R$ 577.000,00. Ao todo, serão R$ 2.350.000,00 para atender também mais três residências.

Publicado em: 20 de Agosto de 2019
Autor: Luciana Pires - Secom Palmas
Fonte: T1 Notícias

A Prefeitura de Palmas assinou, na tarde desta segunda-feira, 19, convênio com a Caixa, por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida, no valor de R$ 577.000,00 para a realização de trabalhos técnicos-sociais, incluindo capacitações profissionais, com os futuros moradores do Residencial Recanto das Araras 1, na região Sul de Palmas.

 

Outros quatro convênios com a instituição financeira, totalizando R$ 2.350.000,00, ainda deverão ser formalizados, nos mesmos moldes, para atender os futuros moradores do Residencial Recanto das Araras 2 e dos Residenciais Vitória 1 e 2, também na região Sul da Capital. Ao todo, serão beneficiadas cerca de 2.000 pessoas. Esses recursos não se referem às construções dos residenciais, são somente para os trabalhos técnicos-sociais.

 

 

Segundo a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB), as obras desses empreendimentos habitacionais já estão 98% encaminhadas. “Será o maior programa de habitação neste modelo de assistência técnica social da Capital. Para esses residênciais, não pensamos somente em fazer a reocupação, mas no processo de mudança de vida e de acompanhamento das famílias, capacitando-as quanto a geração de renda após a entrega das unidades”, justificou.

 

Segundo ela, a ideia é ter o mínimo de impacto por parte das famílias quando eles se mudarem para os residenciais. Para tanto, haverá um diagnóstico para posterior capacitação dos moradores, visando a reinserção comunitária e ao mercado de trabalho. “O compromisso do município não encerra quanto entrega as moradias. Um sentimento maior que o meu neste momento é impossível, em poder construir esse aspecto legal e de amparo”, concluiu.

 

 

O secretário de Habitação, Fábio Frantz, explicou ainda que o projeto social incluirá palestras de como acontecerá essa mudança, direitos e deveres das famílias junto ao empreendimento.

 

A gerente filial de habitação da Caixa Econômica no Tocantins, Beatriz Maria da Silva, ressaltou que a missão da caixa não é só comercial, mas atuar principalmente no desenvolvimento social das cidades. “Esse projeto social é muito gratificante, pois podemos atuar como representante do Governo Federal, nesse projeto financiado pelo FAR (Fundo de Arrendamento Residencial). Esse é o nosso papel enquanto banco, dando apoio ao desenvolvimento social”.

 

Os empreendimentos Recanto das Araras I e II e o Jardim Vitória I ficam localizados na região Sul de Palmas, próximo aos setores Jardim Laila e Santa Helena, respectivamente. Os quatro empreendimentos totalizam 2.000 casas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.