Valdemar Júnior sai em defesa do usuário do PlanSáude e rebate: "a vinda do secretário e Diretor do plano à AL e para sabermos com

Publicado em: 23 de Agosto de 2019
Foto Por: (Dicom-AL)
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

O deputado estadual Valdemar Júnior (MDB) ao ser questionado por alguns parlamentares na sessão desta quinta-feira, dia 22, durante a votação do requerimento de sua autoria, que trata da convocação do Secretário da Administração do Tocantins, Edson Cabral e do Diretor do PlanSaúde, Ineijaim Jose Brito Siqueira, para prestarem esclarecimentos na Assembleia sobre o PlanSaúde, saiu em defesa do usuário do plano, afirmando que, "a propositura tem o único objetivo: esclarecer os fatos, tirar dúvidas e tratar de assuntos em geral a respeito do Plano de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins (PlanSaúde)".

 

"Queremos falar do PlanSaúde como um todo, afinal, são 91.039 usuários que dependem do bom funcionamento desse plano, para obterem um tratamento eficaz em sua saúde, seja hospitalar ou odontológica. Temos que darmos uma resposta aos usuários, sabermos os motivos da falta de atendimento por algumas clínicas e hospitais", argumentou Valdemar durante a votação da matéria ao ser questionado por alguns deputados do motivo do requerimento.  

 

"Não se trata apenas de um áudio divulgado nas redes sociais, não vamos trazer um secretário para falarmos apenas deste áudio. O áudio será um dos assuntos tratados, bem como muitos outros assuntos que também serão abordados. Tudo que há de dúvida em relação ao PlanSaúde, será suscitado pelos deputados a esses dois gestores", esclareceu o parlamentar.

 

O parlamentar ainda disse que o áudio divulgado nas redes sociais, "foi o estopim para que os deputados possam questionar os gestores do plano, de como está o plano, bem como levar ao conhecimento desses gestores as dificuldades enfrentadas pelos usuários principalmente daqueles que vivem no interior do Tocantins.

 

"A nossa preocupação aqui no momento e de saber qual é real situação do Plansaúde", declarou Valdemar, fazendo ainda questão de reforçar, que pretende saber dos gestores, se existe a possibilidade de estender os serviços do PlanSaúde para clínicas e hospitais de outros Estados.

 

"Os usuários do plano que residem na região sudeste do Tocantins, tem me relatado da dificuldade que enfrentam para obterem o atendimento, tendo que se deslocar, quase 600 Km de distância, a exemplo de quem mora em Aurora, para chegar em Palmas, e ter o atendimento pelo PlanSaúde na capital. Então se eles forem atendido nas cidades vizinhas como Barreiras e Luiz Eduardo Magalhães, na Bahia, a distância de deslocamento será bem menor, facilitando assim, a vida daqueles que enfrentam problemas de saúde e dependem do plano para o tratamento", relatou.

 

 "Queremos conversar com o gestores, abordarmos os problemas enfrentados, para darmos a eles um feedback necessários para melhorarem o atendimento do PlanSaúde. Essa é minha intenção do requerimento, queremos que os usuário tenham um plano de saúde eficaz e eficiente no seu atendimento," esclareceu.

 

Reunião da Comissão de Defesa do Consumidor

 

Após a aprovação da matéria, o deputado Elenil da Penha (MDB) que é presidente da Comissão de Administração, Trabalho e Defesa do Consumidor, já aproveitou a ocasião para convocar logo os deputados a comparecerem na terça-feira, dia 27, às 9h da manhã, na reunião da Comissão, onde segundo o parlamentar, serão convocados também, os gestores do PanSaúde, para tratarem dos assuntos referente ao Plano de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Tocantins.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.