Chocolate rosa é mais uma opção para a Páscoa; veja como é feito

Ele não é de morango. Conhecido como chocolate rubi, ele é feito a partir de um cacau específico.

Publicado em: 06 de Abril de 2019
Autor: G1 — São Paulo
Fonte: Bem Estar

Estamos quase na Páscoa e um tipo de chocolate tem chamado a atenção nas prateleiras. É o chocolate rosa. Depois do chocolate ao leite, amargo e o branco, chegou a vez do rubi. Algumas pessoas acham que é de morango, mas ele é sem corante e a cor rosa é uma mistura de pré-disposição de alguns frutos, com tecnologia. O Bem Estar desta quinta-feira (4) explicou como ele é feito e se tem benefícios.

Todos os chocolates têm um teor de açúcar e gordura. O branco tem mais gordura pela manteiga e pelo leite. O amargo tem menos gordura e açúcar, porque leva mais cacau. Vamos entender:

Amargo: são os acima de 50% cacau. Ele tem menos gordura e menos açúcar.

Ao leite: é considerado ao leite aqueles abaixo de 50% de cacau e acima de 27%. O teor de cacau varia de acordo com as marcas.

Branco: ele é feito com manteiga do cacau, leite, açúcar e alguns ainda levam gordura hidrogenada. Ele tem muita gordura e açúcar e, em termos de valores nutricionais, é o pior de todos.

Rubi: é feito a partir de um cacau específico, que em condições apropriadas, durante o processo de beneficiamento, fica rosa sem o uso de corantes. Ele é semelhante ao chocolate ao leite.

Alfarroba (para os alérgicos ao leite): é uma imitação feita a partir de uma fava. Costuma ser menos calórica do que o chocolate, porque normalmente não vai açúcar.

Sobre o chocolate rosa, o engenheiro de pesquisa de desenvolvimento Thales Giraldo explicou que ele lembra o chocolate branco no primeiro momento. “O cacau não é especial, mas o grão. São substâncias naturalmente encontradas no grão do cacau que, a partir do processamento, a gente obtém uma massa de cacau. Essa massa, a partir de uma temperatura, traz essa coloração rubi. Nada é adicionado”.

Ele não emagrece, mas é possível fazer um monte de receitas gostosas, cor de rosa e sem corante.

Os benefícios do cacau

O cacau possui alguns antioxidantes, mas a teobromina é específica do fruto. Ela tem uma ação vasodilatadora, que ajuda a controlar a pressão arterial. Outros antioxidantes ajudam na prevenção cardiovascular, no controle do colesterol.

Para quem quer os benefícios antioxidantes, vale começar comendo chocolate 50% e ir aumentando até chegar aos 70%, que é quando conseguimos maiores benefícios.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.