SES garante estágio a centenas de estudantes tocantinenses

O objetivo de garantir os estágios estudantis supervisionados e as atividades de aprendizagem em serviço

Publicado em: 05 de Outubro de 2019
Foto Por: Nielcen Fernandes
Autor: Neila Rodrigues/Governo do Tocantins
Fonte: Ascom
O estágio permite aos alunos vivenciarem as práticas diárias nas respectivas áreas de atuação 

A Secretaria Estadual de saúde (SES) celebrou Termo de Cooperação Institucional entre a SES e Instituições de Ensino, visando à realização de estágio estudantil supervisionado e atividades de aprendizagem em serviço, nas Unidades de Saúde e Setores da pasta nos municípios de Araguaína, Araguaçu, Augustinópolis, Miracema, Pedro Afonso, Palmas, Paraíso e Xambioá. As Portarias foram publicadas no Diário Oficial do Tocantins, nº 5.455, de 03 de outubro de 2019.

 

Serão ofertadas 484 vagas com o objetivo de garantir os estágios estudantis supervisionados e as atividades de aprendizagem em serviço, nas seguintes unidades hospitalares: Hospital Regional de Araguaína (HRA); Hospital Regional de Araguaçu (HRA); Hospital Regional de Augustinópolis (HRA); Hospital de Referência de Miracema (HRM); Hospital regional de Paraíso (HRP); Hospital Regional de Pedro Afonso (HRPA); Hospital Regional de Xambioá (HRX); Hospital Geral de Palmas (HGP); Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR) e Hospital Infantil de Palmas (HIP).

 

As vagas serão disponibilizadas a estudantes vinculados aos cursos de Enfermagem; Técnico em Enfermagem e Técnico em Radiologia das seguintes instituições de ensino:  Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO); Associação de Apoio ao Centro de Ensino Médio Indígena Xerente Wara;  Associação de Apoio escolar do Colégio Estadual Cristo Rei; Colégio Estadual João Tavares Martins; Colégio Estadual professora Juliana Barros; Faculdade de Palmas; Centro Educacional Santa Rita (CESRT) e Colégio Dinâmico.

 

Para o Secretário Estadual de Saúde, Edgar Tollini, oportunizar estágio supervisionado aos estudantes nas unidades hospitalares tocantinenses é uma experiência em que todos ganham. Segundo ele, "os discentes ganham a oportunidade de se autodescobrirem como profissionais e vivenciarem as práticas diárias nas respectivas áreas de atuação e o Estado ganha ao garantir futuros profissionais preparados para enfrentar os desafios que surgirem ao longo de suas carreiras, bem como para entregar os melhores serviços aos usuários dos serviços de saúde," concluiu.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.