Associação Gurupiense de Artesão participa de capacitação

Publicado em: 09 de Fevereiro de 2019
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

Na tarde desta quinta-feira, 7, as integrantes da Associação Gurupiense de Artesão participaram de mais uma etapa do Projeto Brasil Original do SEBRAE em parceria com a Prefeitura de Gurupi.

 

O projeto tem o objetivo de desenvolver a cadeia produtiva e introduzir artesãos e seus produtos no mercado, e para isso oferece capacitação, valoriza e divulga o artesanato em seu aspecto cultural e de expressão popular.

 

As artesãs já estão na quarta fase do projeto, que é divido em cinco etapas.

 

A primeira ação foi a elaboração do diagnóstico do trabalho das artesãs; a segunda envolveu o desenvolvimento dos produtos, design, montagem da coleção; na terceira iniciou a capacitação de ficha técnica e toda a sequência de montagens dos produtos; na quarta fase, na qual se encontram, elas estão aprimorando o desenvolvimento da ficha técnica, aprendendo a formação do preço de venda no atacado e varejo, e desenvolvendo o caderno dos produtos; a última fase será fotografar os produtos, selecionar os que irão fazer parte do catálogo e a preparação para o mercado, na qual entra a criação de fanpage, caderno de produto virtual e todo o material para apresentação dos produtos, como cartão de visita, ficha técnica, bloco de pedido, cadastro de clientes e bloco de orçamento.

 

A consultora do SEBRAE, Sônia Korte, explica que o projeto é todo pensado para despertar nas artesãs o entendimento e aplicação de ferramentas de desenvolvimento.

 

"A nossa metodologia foi planejada para estimular o associativismo e cooperativismo, inovação, tecnologia, gestão empresarial e ações mercadológicas, tornando visível economicamente a atividade artesanal e mudar a vida de tantos talentos", declara.

 

Para a presidente da associação Gurupiense de Artesão, Maria do Socorro, essa capacitação veio para melhorar ainda mais o trabalho das artesãs.

 

"Esse é um projeto muito bom, que está agregando valor ao trabalho das meninas e preparando cada uma para o mercado. Estamos tendo a oportunidade de também nos inserir no mercado virtual. Então está sendo muito importante cada etapa, estamos crescendo no conhecimento e com certeza isso irá melhorar a qualidade dos nossos produtos e alavancar nossas vendas", afirma. 

 

O projeto garante o acompanhamento das artesãs durante todo o ano, como explica a analista técnica do SEBRAE, Carlúcia Saraiva de Brito.

 

"Após o término das cinco etapas da capacitação faremos o acompanhamento dessas artesãs, durante o ano todo, iremos realizar ações para elas estarem preparadas para o mercado", disse.  

 

A secretária de Cultura e Turismo de Gurupi, Zenaide Costa, que é parceria da associação de artesãs e está acompanhando o projeto, adiantou que em maio deste ano será realizada uma feira para expor todo o trabalho produzido durante a capacitação.

 

"A Associação Gurupiense de Artesão, que tem sede na Secretaria de Cultura, busca com essa capacitação dar mais qualidade aos seus produtos, bem como se fortalecer no mercado, e as artesãs já estão se organizando para a próxima feira de exposição, que será em maio aqui em Gurupi", finaliza.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.