Casal suspeito de enviar ecstasy pelos Correios é preso pela Polícia Federal

Os suspeitos moram em Goiânia (GO) e teriam enviado os comprimidos para um homem em Paraíso do Tocantins. Dupla deve responder por tráfico interestadual de droga.

Publicado em: 20 de Julho de 2019
Foto Por: Divulgação/Polícia Federal
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Comprimidos de ecstasy foram apreendidos

Um casal de Goiás foi preso suspeito de enviar, pelos Correios, comprimidos de ecstasy para Paraíso do Tocantins, na região central do estado. Os mandados de prisão, busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Federal (PF) do Tocantins durante a operação Round II, que investiga crimes de tráfico de drogas.

 

O crime foi em abril deste ano e a prisão aconteceu nesta quarta-feira (17) em Goiânia (GO), onde os suspeitos moram. Segundo a polícia, na época, vários comprimidos de ecstasy foram enviados via postal. No dia do envio o destinatário foi preso em flagrante ao receber a droga.

 

Durante as investigações os policiais conseguiram identificar o casal que tinha enviado a droga apreendida. Eles foram localizados e na casa dos suspeitos foram apreendidas novas porções de comprimidos sintéticos.

 

O casal foi preso, levado para a delegacia e deve responder por tráfico interestadual de drogas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.