Contrato da Unimed Centro-Oeste para administrar Plansaúde é prorrogado

Governo disse que optou pela prorrogação até o fim de janeiro para não interromper atendimentos. Licitação para escolher nova administradora está sendo preparada.

Publicado em: 12 de Janeiro de 2018
Foto Por: Angélica Mendonça
Autor: G1 TO
Fonte: G1 TO
Plansaúde atende mais de 90 mil pessoas no Tocantins

O secretário de administração do estado informou nesta sexta-feira (12) que o governo vai renovar o contrato com a Unimed Centro-Oeste, que administra o Plansaúde, até o fim de janeiro. Segundo o governo, a medida foi tomada para evitar a interrupção dos atendimentos.

A decisão de trocar o administrador do plano de saúde dos servidores públicos estaduais foi anunciada em dezembro. O contrato vencia nesta sexta-feira e, segundo o governo do estado, foi a própria empresa que manifestou o interesse em não renovar.

A prorrogação será feita porque a licitação para contratação de uma nova empresa não foi concluída. "A Unimed Centro-Oeste aceitou nossa solicitação e com isso não haverá interrupção no atendimento aos usuários do Plansaúde. Nós já fizemos a comunicação aos prestadores de serviço e eles também afirmaram que é o melhor a se fazer neste momento", disse o secretário Geferson Barros, por meio da Secretaria de Comunicação.

O Plansaúde passa por dificuldades há vários anos e o atendimento aos usuários chegou a ser suspenso diversas vezes em 2017. Além disso, os prestadores de serviço cobram uma dívida de R$ 73 milhões do governo.

Além disso, em dezembro, a operação Marcapasso mostrou um esquema de superfaturamento no setor de cardiologia. Depois disso, o governo suspendeu pagamentos de procedimentos cardiológicos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.