Dia da abelha: Unidades de Conservação Municipal em Gurupi asseguram sobrevivência da espécie

Publicado em: 21 de Maio de 2019
Foto Por: Marcos Veloso/Secom
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

O Município de Gurupi nesta segunda-feira (20) comemorou o dia Mundial das Abelhas. A data foi instituída pela Assembleia Geral das Nações Unidas e marca a relevância do processo de polinização realizada por esses insetos, que dessa forma garantem um desenvolvimento sustentável.

 

De acordo com o site da ONU "elas podem visitar cerca de 7 mil flores por dia, atuando como agentes fundamentais ao equilíbrio dos ecossistemas".

 

O agronegócio, a agricultura e as matas nativas dependem do processo da polinização para garantir a perpetuação, pois a fecundação cruzada entre os indivíduos assegura maior resistência e variabilidade genética entre as espécies.

 

As abelhas também geram fonte de renda para os agricultores, com produtos como: mel, própolis, cera, dando assim oportunidade para a subsistência familiar.

 

Neste sentido, o município já possui alguns agricultores que são cadastrados na Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente que trabalham com a produção e comercialização de produtos melíferos.

 

Segundo a Bióloga Maria Tavares, servidora da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, este dia é importante frisar o papel fundamental desse inseto.

 

"As abelhas estão sendo cada vez mais alvo dos defensivos agrícolas, aplicados nas lavouras de soja e laranja. A mortandade de abelhas é uma ameaça para a humanidade, assim como também é uma tragédia ambiental e econômica, que afeta toda cadeia alimentar e restringe a produção de alimentos", explicou.

 

Pensando em garantir a preservação das matas nativas e consequentemente das abelhas, o Prefeito Laurez Moreira decretou quatro Unidades de Conservação Municipal (APA Mutuca, APA Dois Irmãos e APA Mutuca/Água Franca e Parque natural Municipal Pouso do Meio), dentro do perímetro urbano do município de Gurupi.

 

Além disso, vem investindo em paisagismo florístico nas praças e canteiros da cidade, o que assegura a permanência dessas espécies no meio ambiente, garantindo assim a sobrevivência da biodiversidade para presentes e futuras gerações.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.