Em Gurupi agentes de trânsito realizam orientações educativas durante Operação Férias Seguras

Publicado em: 16 de Julho de 2019
Foto Por: Marcos Veloso
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

Mês de julho a movimentação nas rodovias estaduais é intensa. Na região Sul, aos fins de semana em especial, a rodovia 242 que dá a acesso à cidade de Peixe, localização de uma das mais belas praias do Tocantins, aumenta o fluxo de veículos e por esse motivo é importante reforçar as orientações de trânsito para que todos tenham um passeio tranquilo.

 

om esse foco, os agentes da Diretoria Municipal de Trânsito de Gurupi são parceiros da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e Detran na Operação Férias Seguras.

 

 Nesse último sábado, 13, os agentes estiveram às margens da rodovia fazendo a conscientização aos condutores de veículos com entrega de panfletos e diálogo sobre a importância de cada condutor preservar a vida.

 

A Coordenadora de Educação para o Trânsito da Diretoria Municipal de Trânsito de Gurupi, Luciana de Oliveira, destaca que o trabalho envolve principalmente o diálogo com o motorista, momento em que os agentes relembram ao condutor que a responsabilidade pela vida é dele.

 

"Embora todo motorista saiba disso, ainda constantemente acontecem muitos acidentes que ceifam várias vidas. Estamos aqui para enfatizar a importância de uma direção defensiva, relembrar regras de segurança na via e preservação da vida", ressaltou.

 

 O Tenente Pimentel, do 4º Batalhão da Polícia Militar, destacou que a parceria foca na prevenção, nas orientações com objetivo de coibir crimes e garantir a fluidez no trânsito.  

 

Os agentes também aproveitam a oportunidade para reforçar a importância do uso do cinto de segurança, lembrar que crianças devem estar nas cadeirinhas conforme sua idade e que os condutores não devem misturar direção e bebida alcoólica.

 

 A operação acontece durante todo o mês de julho. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.