Em três dias, cidades do TO registram quase toda chuva esperada para o mês

Na capital, foram 94,4 milímetros até esta segunda-feira; chuvas devem continuar nos próximos dias. Instituto Nacional de Meteorologia emitiu alerta de perigo para regiões central e sul do estado.

Publicado em: 06 de Fevereiro de 2018
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 TO
Fonte: G1 TO
Carro atravessa rua alagada por córrego

Os últimos dias têm sido de muita chuva em todas as regiões do estado e, além disso, as altas temperaturas também deram uma trégua aos tocantinenses. Em algumas cidades choveu o esperado para todo o mês durante o último fim de semana. Na capital, foram 94,4 milímetros até meio-dia desta segunda-feira (5). A quantidade equivale a 37,76% do esperado para todo fevereiro.

Segundo o meteorologista da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) Luiz Cabral, o sistema que tem proporcionado chuvas ao estado deve continuar atuando. "Pelo menos até quarta-feira, quando começa a enfraquecer. Então, bons volumes fluviométricos ainda são esperados para os próximos dias", explicou.

Na região leste do estado, o aterro de uma ponte começou a desmoronar na zona rural de Santa Maria do Tocantins devido ao grande volume de chuva dos últimos dias. (Veja vídeo)

Porém, conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o maior volume registrado foi na região de Araguaçu, no sul do estado, onde choveu 242 milímetros. O volume é quase todo o esperado para fevereiro, pois a média histórica é de 250 mm para o mês.

Pium, com 198,8, e Lagoa da Confusão, com 187,4, completam as três cidades com maior volume de chuva nos últimos dias.

Em Gurupi, também no sul do estado, choveu 182,4 milímetros. A água fez um córrego transbordar e alagar várias ruas do Jardim Tocantins.

 

Alerta

 

A quantidade de chuva esperada fez o Inmet emitir um alerta de perigo para as regiões central e sul do estado. São esperados até 100 milímetros por dia e por causa disso há risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

Outro alerta para este período é com os raios, pois o Tocantins é o estado brasileiro com a maior quantidade de raios por quilômetro quadrado. Só nos primeiros dias de 2018, o Tocantins registrou quase 800 mil raios.

A orientação da Defesa Civil é nunca se abrigar sob árvores, e mesmo dentro de casa, seguir alguns cuidados básicos. "Evitar ter contato com a água, com materiais elétricos e ficar perto de fiação, rede elétrica porque esses condutores de eletricidade podem potencializar os efeitos de uma possível descarga atmosférica", orienta Iranilto Souza, da Defesa Civil Palmas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.