Escola de Tabocão cria ação para reduzir casos de indisciplina

Com a ação Meu esforço em reais, à medida que os alunos iam alcançando melhores notas e bom comportamento recebiam recursos simbólicos, que foram utilizados na compra de lanches

Publicado em: 19 de Junho de 2019
Foto Por: Divulgação/envidas pela escola
Autor: Josélia de Lima/Governo do Tocantins
Fonte: Ascom
Os estudantes iam obtendo as notas conforme melhoravam o comportamento

Os educadores da Escola Estadual Girassol de Tempo Integral Major Juvenal Pereira de Souza, de Tabocão, encontrou uma fórmula para reduzir os casos de indisciplina e de falta de interesse dos alunos pelo estudo. Com a ação denominadaMeu esforço em reais, à medida que os alunos iam alcançando situações meritórias iam recebendo moedas simbólicas. A escola criou alguns critérios como participação, comportamento, disciplina, entre outros para a distribuição das moedas.

 

A escola desenvolveu essa atividade de forma experimental com os estudantes da turma do 7º ano do ensino fundamental, e como os resultados foram satisfatórios, a ação será transformada em projeto e continuará a ser desenvolvida no segundo semestre.

Como ao longo do segundo bimestre, os alunos foram juntando as cédulas que foram conquistando, a escola promoveu uma tarde de recreação, montou uma micro feira com produtos como salgadinhos, brigadeiros, pipoca gourmet, refrigerantes, bolo de chocolate, pirulitos, balas e geladinhos e diversos brinquedos como pula-pula e bingo.

 

A estudante Maria Júlia de Castro Batista, 12 anos, contou que aproveitou os recursos que tinha para experimentar todos os tipos de lanches. "Achei a ideia legal, percebemos que houve mais interesse dos alunos pelo estudo. Eu mesma passei a estudar mais", contou.

 

A estudante Isabela Vita Guimarães Correia, 13 anos, comentou que também experimentou vários tipos de lanches. "Houve mais interesse por parte dos meninos e das meninas em se comportarem melhor e de se esforçarem mais para estudar", frisou.

 

A diretora da escola, Gláucia Costa Ferreira Leão, explicou que essa turma estava apresentando situações de desinteresse pelo estudo. Após a ação, aconteceu uma mudança significativa na sala de aula, alunos estudando mais, maior interesse nas ações realizadas pela escola. "Essa foi uma ação que definimos no Conselho de Classe, e contou com a parceria dos professores e demais servidores da escola, e deu muito certo", ressaltou.

 

Rosangela Rodrigues de Melo, coordenadora pedagógica, também destacou os resultados. "Podemos dizer, que os estudantes melhoraram muito com relação ao comportamento e participação. Agora, quando algum aluno, por algum motivo, não consegue estar presente na aula, ele pede aos pais que justifique a sua ausência", comentou.

 

Com a ação, a escola promoveu uma redução nos casos de indisciplina, falta de interesse pelo estudo e os estudantes apresentaram maior motivação.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.