Governo publica lista com nomes de mais de 5 mil servidores aptos a progressões

Servidores com nomes nas listas estão aptos a progredirem verticalmente ou horizontalmente; Nova Portaria deve conceder efeitos financeiros, segundo Sisepe.

Publicado em: 22 de Janeiro de 2018
Foto Por: Governo do Tocantins
Autor: T1
Fonte: T1
Governo publica nomes de servidores aptos a progredirem

Foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira, 18, os atos das Comissões de Gestão, Enquadramento e Evolução Funcional dos servidores das carreiras do Quadro Geral, Sefaz, Naturatins e Ruraltins. No total foram publicados os nomes de mais de 5.200 servidores aptos à evolução vertical e horizontal.

Para os servidores que foram considerados aptos mediante apresentação de certificados, a Secretaria de Administração do Estado disponibilizará um software para a inserção dos cursos, por meio da Unicet.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos do Estado (Sisepe-TO) agora caberá ao secretário de Administração, Geferson Barros, a edição de uma portaria concedendo os efeitos financeiros aos servidores que conquistaram as progressões.

A lista dos nomes aptos a progressão funcional horizontal e vertical dos servidores de carreira de Defesa Agropecuária foi a primeira a sair no DOE e pode ser consultada no Ato nº001, de 15 de janeiro de 2018, nas páginas de oito a 14 do DOE. Em seguida, está a lista dos nomes aptos progressão vertical de servidores vinculados à Adapec. O DOE traz ainda, as listas de servidores aptos a progressão da Secretaria de Meio Ambiente, carreira de Extensão Rural, Quadro Técnico e de Apoio Administrativo da Secretaria da Fazenda e  Apoio Administrativo da Secretaria da Fazenda.

Servidores aptos a progressão vertical tem prazo de 30 (trinta) dias no período de 15 de fevereiro de 2018 a 16 de março de 2018, para apresentar curso de qualificação vinculado à sua área de atuação ou às atividades do órgão de lotação, nos seis anos antecedentes à data da evolução funcional vertical.

Consulte aqui

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.