Mais de 150 mil alunos começam as aulas na rede estadual nesta segunda-feira (22)

Apesar de mais de 500 unidades darem início ao ano letivo, algumas escolas que passaram por greve só vão começar as atividades no dia 1° de fevereiro.

Publicado em: 22 de Janeiro de 2018
Foto Por: TV Anhanguera/Reprodução
Autor: G1 TO
Fonte: G1 TO
Aulas da rede estadual começam nessa segunda-feira (22)

Mais de 500 escolas da rede estadual começam as aulas nesta segunda-feira (22) no Tocantins. Segundo a secretária estadual de educação Wanessa Sechim, mais de 155 mil foram matriculados para o ano letivo de 2018.

"A proposta pedagógica desenvolvida em 2016 e implantada em 2017, será consolidada em 2018. Já começamos o ano de forma diferente com a antecipação das matrículas. São 155 mil alunos matriculados, mas temos a capacidade para atender 180 mil. As matrículas continuam abertas para quem ainda não garantiu a vaga."

Segundo a secretária, o número de vagas ofertadas é suficiente. "Não faltará vagas porque ainda tempos turnos ociosos e salas disponíveis que a gente pode abrir conforme a demanda que aparecer."

Apesar do calendário prever que as aulas comecem nessa segunda em todo o estado, há escolas que só retornarão em fevereiro. "Temos casos de escolas, que por causa da greve de 2016, encerram o ano letivo na última sexta-feira (19). Cerca de 30 escolas vão iniciar no dia 1º de fevereiro."

A previsão é que o calendário de 2018 seja encerrado em dezembro normalmente. "O calendário não tem sábado letivo como os professores pediram, tem momentos de planejamento para o ano, para estudar o próprio calendários, os conteúdos que por eles foram definidos. Foi uma vantagem muito grande ter antecipado a matrícula pela primeira vez no Tocantins. Em novembro a gente já estava com matriculas abertas."

Para quem ainda não realizou a matrícula, é possível entrar no site da secretaria e identificar onde há vagas. " Dá para localizar a escola mais próxima, ver o ano e o turno que pretende cursar". A matricula deve ser feita na unidade escolhida.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.