Materiais escolares são entregues as unidades socioeducativas do estado

Materiais escolares doados pela Embrasil Serviços foram entregues aos adolescentes do Case e servirão de apoio para a permanência na escola quando saírem do sistema socioeducativo

Publicado em: 23 de Agosto de 2019
Foto Por: Pedro Ícaro/ Governo do Tocantins
Autor: Pedro Ícaro – Governo do Tocantins
Fonte: Ascom
Materiais escolares foram entregues aos adolescentes do Case

Socioeducandos do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) receberam nesta quinta-feira, 22, kits escolares doados pela iniciativa do Programa de Acompanhamento aos Adolescentes Egressos do Sistema Socioeducativo e Família desenvolvido pela Superintendência de Administração do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) em parceria com a empresa Embrasil Serviços.

 

Os materiais escolares doados pela empresa Embrasil Serviços servirão de apoio aos adolescentes quando saírem do sistema socioeducativo, contribuindo com a permanência na escola e garantindo qualificação, pois muitos são carentes e não tem condições de adquirir objetos.

 

Além do Case, o Centro de Internação Provisória de Palmas (Ceip Central), Unidade de Semiliberdade Feminina e Masculina de Palmas (USL) também receberam o kit contendo mochila, caderno, estojo, borracha, lápis e canetas. As demais unidades como Ceip Norte, USL Masculina de Araguaína, Ceip Sul e USL Masculina de Gurupi ocorrerá em setembro.

 

O chefe do Case, Dariêx Damaceno Carneiro Maia, reconhece a importância da doação desses materiais para os socioeducandos. "Os materiais serão de grande incentivo para os adolescentes, pois isso contribuirá para que continuem estudando. Além disso, essa ação reforça o apoio da Seciju ao socioeducando egresso do sistema", falou Dariêx.

 

O Estatuto da Criança e do Adolescente, no artigo 94, prevê a manutenção de programas destinados ao apoio e acompanhamento de egressos do sistema socioeducativo. O superintendente de Administração do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente da Seciju, Gilberto da Costa Silva, comemorou a realização da ação.

 

"Conseguir parceiros para uma ação como essa, para nós já é um avanço. Com essa iniciativa, conseguimos fornecer materiais escolares a muitos socioeducandos que não possuem condições financeiras e assim daremos incentivo a continuarem seus estudos quando estiverem fora do sistema", ressaltou.

 

O adolescente W.L.S de 17 anos confirmou que ter um kit escolar contribui diretamente para a permanência na escola e um futuro melhor. "Gostei de receber esses materiais que ajudará no meu aprendizado, pois pretendo continuar meus estudos quando cumprir a medida socioeducativa", afirmou.

 

Programa de Acompanhamento aos Adolescentes Egressos do Sistema Socioeducativo e Família

 

O programa tem como premissa inserir os adolescentes egressos no convívio social, familiar, comunitário, e conferir aos usuários, um atendimento qualificado e personalizado, de modo a promover a construção da autonomia dos adolescentes, garantindo a dignidade e respeito aos usuários.

 

Além disso, quando os adolescentes são liberados para o livre convívio com a sociedade, e, portanto, não estão mais sob a proteção integral do Estado, devem ser acompanhados até alcançar autonomia e responsabilidade para a condução de um novo projeto de vida.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.