Polícia faz operação contra grupo suspeito de desviar dinheiro da Fundação de Esportes

Operação Jogo Limpo, da Polícia Civil, tem o objetivo de combater organização suspeita de lavagem de dinheiro. Envolvidos em esquema atuava na Fundação Municipal de Esporte e Lazer.

Publicado em: 26 de Fevereiro de 2018
Foto Por: Dinaredes Parente/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Policiais civis cumpre mandado de busca e apreensão na Fundação Municipal de Esportes e Lazer

A Polícia Civil realiza a Operação Jogo Limpo, na manhã desta segunda-feira (26), contra uma organização criminosa suspeita de lavagem de dinheiro. O crime era praticado por meio de entidades sem fins lucrativos e empresas fantasmas, conforme as investigações. O foco da 1ª fase é a atuação do grupo na Fundação Municipal do Esporte e Lazer (Fundesportes), segundo informações da Secretaria de Segurança Pública.

A SSP informou que associações e federações esportivas foram usadas para desviar dinheiro público, por meio de repasse para o esporte e lazer.

Ao todo, 100 policiais participam da operação. Eles cumprem 24 mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão em Palmas e em mais quatro cidades do Tocantins.

Policiais estão na Fundação para apreender documentos. Ao todo, 10 Organizações Não Governamentais (ONG) podem estar envolvidas.

O G1 busca contato com a Fundesportes.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.