Produtores rurais que têm descontos na energia precisam fazer recadastramento

Mais de 20 mil clientes se encaixam na categoria e precisam atualizar os dados para não ter benefício suspenso. Prazo termina no dia 31 de outubro.

Publicado em: 11 de Setembro de 2019
Foto Por: Divulgação/Energisa
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Desconto nas contas de energia é ofertado para produtores rurais

 A Energisa Tocantins informou que está aberto o prazo para recadastramento de produtores rurais que possuem algum tipo de desconto nas contas de energia elétrica em função da atividade. Em todo o estado, mais de 20 mil clientes se encaixam na categoria e possuem descontos que variam de 10% a 90%.

A ideia é estimular a produção agrícola, um dos motores da economia local, e viabilizar o uso da tecnologia no campo. Propriedades que dependem de sistemas de irrigação, por exemplo, estão entre as que podem ser beneficiadas pelo programa.

Os usuários devem comparecer às agências de atendimento da Energisa até 31 de outubro para atualizar os dados e manter o benefício. O recadastramento acontece em três etapas, de 2019 a 2021, dividido por regiões. Toda a documentação será revisada durante o recadastramento.

Para esta etapa, foram convocados clientes de 18 cidades. Aqueles que não comparecerem perdem o desconto automaticamente.

Para tirar qualquer dúvida sobre documentação ou obter mais informações, basta procurar uma das agências de atendimento presenciais da Energisa Tocantins, ligar no call center (0800 721 3330).

Veja quais cidades estão na lista

  1. Formoso Do Araguaia
  2. Peixe
  3. Miracema Do Tocantins
  4. Dois Irmãos Do Tocantins
  5. Taguatinga
  6. Babaçulândia
  7. Araguaçu
  8. Filadélfia
  9. Aragominas
  10. Divinópolis
  11. Araguaína
  12. Porto Nacional (Incluindo o distrito de Luzimangues)
  13. Araguatins
  14. Palmas (Incluindo os distritos de Taquaruçu e Buritirana)
  15. Guaraí
  16. Gurupi
  17. Paraíso Do Tocantins
  18. Colinas Do Tocantins

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.